Moacir Pereira

moacir.pereira@ndmais.com.br Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Fapesc comemora hoje 25 anos de fundação

Fundação tem promovido o desenvolvimento científico e tecnológico de SC

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado(Fapesc) está comemorando neste domingo 25 anos de fundação.  Está promovendo várias atividades já meses, como o programa“Conectando+Catarinenses”. Foram selecionados 25 projetos para resgatar a história do ecossistema dos Centros de Tecnologia e Inovação.  A Fapesc tem hoje na presidência Fábio Zabot Holthausen.

Fapesc tem incentivado parques tecnológicos – Foto: DivulgaçãoFapesc tem incentivado parques tecnológicos – Foto: Divulgação

Foram selecionados 25 projetos para contar a história do desenvolvimento do ecossistema de CTI do Estado. “É um mapeamento do ecossistema de CTI, que vai culminar em 25 livros. É um presente para Santa Catarina”, avaliou o presidente da Fundação, Fábio Zabot Holthausen. “Queremos contar a história do Estado a partir do ecossistema de CTI e, com isso, deixar um legado para o Estado e para aqueles que nos visitam. A ideia é mostrar um pouquinho de por que Santa Catarina é o que é. E para que a gente também perceba esta jornada de tempo, que culminou num estado competitivo, inovador e empreendedor.”

Outra ação da jornada dos 25 anos é o Circuito Inova SC, realizado em parceria com a Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe) e com a Plataforma On. Desde o ano passado, estão ocorrendo encontros nas universidades do sistema Acafe com o objetivo de integração, apoio, prospecção e potencialização do ecossistema de Ciência. Os encontros prosseguem neste ano.

Além das diversas chamadas-públicas da rotina da Fapesc, ainda em 2022 estão previstas outras duas ações: o lançamento da Revista da Fapesc, que busca, em uma linguagem simples, mostrar as realizações do ecossistema de CTI do estado; e a criação de um prêmio voltado para pesquisadores – já existe um prêmio voltado para inovação, o Prêmio Inovação Catarinense Professor Caspar Erich Stemmer, que está com as inscrições abertas até 07 de março.

O ano de 2022 também será de grandes desafios, já que em 2021 o investimento da fundação chegou a R$ 153.467.400,00, o que representa três vezes mais do que o ano anterior. O valor é referente aos editais lançados e que serão executados ao longo dos próximos anos.

De fundo à fundação

A Fapesc surgiu em 1997 como Fundação de Ciência e Tecnologia. Na época, manteve a sigla Funcitec, que remetia ao Fundo Rotativo de Fomento à Pesquisa Científica e Tecnológica do Estado de Santa Catarina, de 1990.

O nome Fapesc surgiu pela primeira vez em 2005, quando houve a alteração das atribuições e a mudança na nomenclatura. Em 2011, foi incorporado o termo inovação, chegando à denominação usada até hoje: Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...