Uber Eats não fará mais entregas de refeições no Brasil; entenda

Delivery dará foco e melhor experiência à entrega de produtos, e não alimentos

A Uber emitiu uma nota, na tarde desta quinta-feira (6), informando que está iniciando 2022 com “grandes mudanças” em seu aplicativo de entregas Uber Eats. A partir do dia 8 de março não será mais possível pedir refeições pelo app.

Uber Eats anunciou fim da entrega de refeições – Foto: Jose Cicero/Agência Pública/Divulgação/NDUber Eats anunciou fim da entrega de refeições – Foto: Jose Cicero/Agência Pública/Divulgação/ND

A empresa, que inclusive foi notificada pelo Procon de Florianópolis pela alta frequência de cancelamentos de viagens em seu app principal, mudou de estratégia. Informou, na nota, que busca dar uma melhor experiência aos usuários que pedirem em supermercados, lojas especializadas, pet shops, floriculturas, lojas de bebidas e outros artigos dentro do Uber Eats.

“Tudo para que você possa ter ao seu alcance tudo o que precisar, com a melhor experiência possível, desde a escolha dos itens até a entrega”, reforça a empresa.

Confira a nota completa:

“O Uber Eats está iniciando o ano de 2022 com algumas mudanças importantes que queremos dividir com você. A partir de agora, vamos concentrar nossos esforços para oferecer a melhor experiência aos usuários na intermediação de entrega de itens de conveniência e mercado via Cornershop by Uber. Com isso, a partir de 8 de março, não será mais possível pedir refeições em restaurantes pelo nosso app.

Nosso principal objetivo daqui para frente será oferecer acesso à maior e melhor seleção de supermercados, lojas especializadas, pet shops, floriculturas, lojas de bebidas e outros artigos no aplicativo do Uber Eats. Tudo para que você possa ter ao seu alcance tudo o que precisar, com a melhor experiência possível, desde a escolha dos itens até a entrega.

Esperamos que você continue contando com a gente para suas compras. E se você ainda não experimentou todas as vantagens dos serviços oferecidos no nosso app, agora é a hora. Por aqui, seguiremos juntos repensando a forma como o mundo se move, para torná-lo melhor.”

O Uber Eats no Brasil

Em dezembro de 2020 o aplicativo celebrou quatro anos no país e divulgou dados curiosos dos brasileiros, como o dia com maior número de pedidos da história do app no Brasil, que foi o Dia dos Namorados de 2020, e o dia da semana que os usuários mais costumam pedir, a sexta-feira.

Outro fato marcante da história do Uber Eats no Brasil foi o lançamento da opção de deixar uma gorjeta como agradecimento pelo serviço prestado pelos entregadores. O valor arrecadado com essa ferramenta chegou a cerca de R$ 17 milhões.

Ainda em 2020, o Uber Eats se juntou ao Mesa Brasil e à Cufa (Central Única das Favelas) em uma campanha de doação. Os usuários tinham a opção dentro do próprio aplicativo de doar refeições da aba “Marmitas do Caseirinho”, uma marca de refeições acessíveis exclusiva do Uber Eats. A campanha abrangeu várias cidades do país, incluindo Florianópolis e Itajaí.

+

Tecnologia

Loading...