Você conhece um hub? Eles são fundamentais para a inovação e o ecossistema das startups

Os hubs são espaços físicos ou online onde diversas startups executam suas operações, lá elas contam com um local próprio para poder desenvolver suas inovações

Um dos papeis mais importantes de um hub, recai sobre a atenção que atrai do mercado. Como uma vitrine, os hubs fornecem a exposição ideal que uma startup precisa, tanto para investidores quanto para outras empresas. Nessa vitrine ganham uma boa oportunidade de formar parcerias e receber aportes.

Os hubs são espaços físicos ou online onde diversas startups executam suas operações – Foto: Divulgação/Condor ConnectOs hubs são espaços físicos ou online onde diversas startups executam suas operações – Foto: Divulgação/Condor Connect

Definir o que é um hub é fácil! Em um exemplo bem cotidiano e de rápido compreendimento, os hubs são como os shoppings. As empresas e empreendedores são equivalentes ao cliente que chegam para encontrar soluções que correspondam suas necessidades, no shopping são calçados, roupas e etc. Nas startups é a inovação que procuram.

As startups atuam como os lojistas. Fazem de tudo para chamar a atenção de seu público alvo e prova-lo que suas inovações podem oferecer o melhor para eles.

Bom, mas para resumir rapidamente o que é um hub de inovação, colocamos neles o batismo de pontes de construção, pois promovem grandes oportunidades de negócios. Os hubs funcionam como verdadeiros conectores da inovação ao ecossistema, fomentando a todo instante soluções criadas pelas startups.

Para um hub, quanto mais startups houver, mais empresas e possíveis investidores surgiram, havendo mais empresas e investidores imersos no hub, mais startups poderão ser atraídas.

As startups ganham em tudo! Mas muito mais pelo networking que acontece dentro dos hubs. Lá o ambiente permite que essas empresas troquem experiências e aproximem-se muito mais, quebrando barreiras de competitividade do mercado. Desse modo, as startups participam de uma conexão amigável que pode ser enriquecedora com a troca de ideias e conhecimentos. As possibilidades são grandes, e apresentam boas oportunidades geradas diante da parceria entre diferentes startups.

Vem conhecer o maior hub de inovação do sul do Brasil

O Sul é um forte concorrente a tomar a posição de maior provedor de startups do país. Seu ecossistema é enriquecedor e nos mais importantes polos do estado do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, as startups evoluem de forma exponencial.

Seu maior Hub é a “Hub Agritech”. Uma iniciativa fomentada pelo Parque Cientifico e Tecnológico da PUCRS, a aceleradora Ventiur e a Anlab. Através da inovação aberta o hub busca soluções para os problemas enfrentados no agronegócio, trazendo uma conexão entre os produtores rurais, fornecedores, empresas, empreendedores e investidores.

Já o maior centro de inovação brasileiro é o Inovativa. Fundado em 2013, é o principal programa de inovação de nosso país. Dentro do hub, são auxiliadas cerca de 400 startups a cada semestre.

Onde encontramos as maiores inovações do mundo?

Elas estão localizadas em países como: Estados Unidos, China e Israel. Lá as inovações sopram como o vento e novas empresas surgem como o sol.

Não só por terem um território mais propicio a inovar, mas sim por abrirem espaço para a cultura da inovação. São países que utilizam a inovação como maior recurso para solucionar seus problemas econômicos e agora, tornaram-se dominantes nesse ecossistema.

O país norte americano traz em seu leito o berço da inovação. Na Califórnia fica o vale do silício e lá, empresas como Google, Facebook e Apple crescem gradualmente com suas inovações. O crescimento fornece apoio as empresas e ao núcleo a sua volta, permitindo que o engrandecimento sobre caia em todo o estado da Florida.

Em Israel, a expressividade de como as startups dominam seu ecossistema está em sua quantidade. Para cada mil habitantes de Tel Alviv sua capital, há cerca de uma startup, enquanto para nós brasileiros, a cada dezessete mil habitantes encontramos uma startup.

Na China é percebível sua grandeza no ambiente da inovação e startups pelo número de unicórnios presentes em seu território. As unicórnios, são startups avaliadas no mercado em mais de US$ 1 bilhão e o pais asiático já contabiliza mais de 202 empresas, número extremamente superior ao pouco mais de 20 que temos no Brasil.

Na lista algumas são bem conhecidas de nós brasileiros como: a Xaiomi. Aliás, a empresa expandiu e hoje vale mais de US$ 10 bilhões.

As questões burocráticas e de sustentabilidade são o principal motivo do Brasil ainda estar caminhando em passos curtos em ralação as inovações e startups, comparado ao restante do mundo. Ainda assim, com a latente de startups surgindo e cada vez mais formando hubs de inovação, a economia brasileira só depende do futuro para encontrar grandes soluções nas startups.

Está idealizando sua startup ou quer acelerar seu crescimento, entre em contato com a aceleradora Condor Connect através do e-mail oi@condorconnect.com.br. Aqui seus projetos e ideias são avaliados por especialistas de mercado, e você pode fazer parte do programa de mentoria para sua startup. Não perca a chance de fazer acontecer!

+

Tecnologia

Loading...