Caçador tem energia restabelecida após tornado atingir Meio-Oeste de SC

Força do vento derrubou torres de transmissão de energia e prejudicou o fornecimento desde a última sexta-feira (28)

Os moradores da cidade de Caçador, no Meio-Oeste catarinense, comemoraram a retomada da energia elétrica na noite de terça-feira (1º). A região foi atingida por um tornado na noite de sexta-feira (28) e várias cidades ficaram sem luz. Somente em Caçador foram mais de 95 horas sem energia. O retorno da luz foi bastante comemorado com buzinaço, aplausos e foguetes no centro e nos bairros.

Por volta das 22h30 a energia na cidade de Caçador foi restabelecida depois de 95 horas – Foto: Marlise Groth Mem/Divulgação/NDPor volta das 22h30 a energia na cidade de Caçador foi restabelecida depois de 95 horas – Foto: Marlise Groth Mem/Divulgação/ND

O apagão na região foi ocasionado depois que três torres de transmissão caíram com a força do vento e outras duas linhas também tiveram danos. A empresa responsável pelo abastecimento da energia na região, a Evoltz, com auxílio de técnicos da Celesc, trabalharam desde a madrugada de sábado (29) para restabelecer a energia.

A queda das torres afetou também as cidades de Videira, Rio das Antas, Fraiburgo, Lebon Régis e Macieira. Nesses municípios a Celesc conseguiu remanejar a rede através de ligações provisórias de outras subestações com fornecimento parcial e em forma de rodízio.

Vídeo enviado por Roselaine Perico

Empresa Evoltz se manifesta

Em nota divulgada pela empresa Evoltz, os trabalhos para recuperação das linhas de transmissão duraram 74 horas. Neste período, os trabalhos foram concentrados no restabelecimento do circuito 1. Agora, a companhia trabalha para a recuperação do circuito 2.

A Evoltz informa que concluiu com sucesso os trabalhos de instalação de cinco torres de emergência da Linha de Transmissão Evoltz VI (no trecho entre Campos Novos e Videira, ambas cidades em Santa Catarina) para o restabelecimento da transmissão de energia no circuito 1, que teve torres danificadas em virtude das fortes chuvas, com ventos, que assolaram a região na noite do dia 28/5. O objetivo da empresa era devolver a energia no menor tempo possível aos catarinenses e a linha foi energizada. A Evoltz realizou a operação em 74 horas, 176 a menos do que o exigido pela regulamentação do setor para casos similares e causados por eventos de força maior. A companhia agora trabalha na recuperação do circuito 2, mas essa nova operação não interfere na transmissão de energia elétrica já restabelecida. Mais de 100 pessoas, com maquinários de grande porte, seguem trabalhando ininterruptamente para colocar ambos os circuitos em pleno funcionamento. Já foram investidos cerca de R$ 3,5 milhões  nesta ação emergencial. A companhia reafirma que sua missão é servir ao sistema energético e às pessoas.

Torres foram reparadas para retomada da energia elétrica na região do Meio-Oeste – Foto: PMC/Divulgação/NDTorres foram reparadas para retomada da energia elétrica na região do Meio-Oeste – Foto: PMC/Divulgação/ND

Decreto de situação de emergência

Ainda na terça-feira, o prefeito de Caçador, Saulo Sperotto, decretou situação de emergência por conta da falta de energia. A medida teve como objetivo agilizar ações de recuperação, principalmente para as atividades empresariais, tanto comércio, indústria e prestadoras de serviço, que tiveram perdas irreparáveis.

Conforme o prefeito, foi uma situação atípica e que a preocupação maior foi com relação a hospital de Caçador e também a UPA.

“Da nossa parte, nos preocupamos primeiro com a Saúde, desde o abastecimento de energia para o hospital e para a UPA, com o armazenamento das vacinas, e depois passamos a fazer a interlocução junto aos órgãos de segurança, visando proteger a população”, explica.

Conforme Sperotto, agora o trabalho será voltado para “investimentos em novas alternativas de energização para que uma situação semelhante não venha a acontecer novamente”.

As equipes dos órgãos do governo do Estado atuaram juntos desde a passagem do tornado oferecendo ajuda humanitária para toda a população.

Celesc

No site da Celesc, às 7h desta quarta-feira (2), ainda constavam interrupções nas unidades consumidoras na região de Videira.

Dados do site da Celesc, às 7h desta quarta-feira (2), ainda haviam interrupções em unidades consumidoras – Foto: Celesc/Divulgação/NDDados do site da Celesc, às 7h desta quarta-feira (2), ainda haviam interrupções em unidades consumidoras – Foto: Celesc/Divulgação/ND
Por volta das 22h30 a energia na cidade de Caçador foi restabelecida depois de 95 horas após a passagem do tornado na região – Foto: Lucyene Cângane/Rádio Caçanjurê/Divulgação/NDPor volta das 22h30 a energia na cidade de Caçador foi restabelecida depois de 95 horas após a passagem do tornado na região – Foto: Lucyene Cângane/Rádio Caçanjurê/Divulgação/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo