Calorão continua: veja as temperaturas recordes em Joinville em 20 anos

Sensação térmica na quinta-feira (4) chegou a 61 °C na maior cidade de Santa Catarina

Haja ar-condicionado e água fresca para lidar com o calorão que tem feito em Joinville nos últimos dias! Na quinta-feira (4), a temperatura chegou a 39 °C na cidade, com sensação térmica ainda maior, de 61 °C.

Mas será que em Joinville faz mesmo tanto calor assim? Para tirar essa dúvida, o ND+ pediu ajuda à Epagri/Ciram, que fez um levantamento das temperaturas mais altas registradas na cidade nos últimos 20 anos.

E os dados mostram que, de fato, a maior cidade de Santa Catarina tem um bom histórico de calor extremo, principalmente no início do ano.

Porém, conforme o levantamento, a maior temperatura já registrada na cidade ocorreu fora dessa época: foi em outubro de 2020, quando a estação de Pirabeiraba marcou exagerados 42,89 °C.

Por que tem feito tanto calor em Joinville?

O professor de climatologia e meteorologia da Univille, Paulo Ivo Koentopp, explica a região de Joinville tem vivido uma situação diferenciada por causa da passagem de uma frente fria.

A massa de ar frio empurra a massa de ar quente, o que faz com que o calor se concentre. “Por isso, a sensação de calor chegou a esses níveis. O corpo não consegue suar convenientemente, o suor não evapora e, por isso, a sensação de abafamento”, explica o professor e meteorologista.

O calor deve continuar até o fim de março em Joinville, com sol entre nuvens durante o dia e temporais típicos do verão no fim da tarde.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Tempo