Casan alerta para risco de congelamento de canos pelo frio em SC: ‘garanta seu banho’

Companhia orienta a população a proteger tubulações que ficam expostas e podem congelar com a onda de frio nesta semana

A onda de frio que se aproxima de Santa Catarina já fez a população correr para garantir cobertores e roupas pouco comuns ao clima catarinense, mas a Casan alerta para outra preocupação que precisa ser levado em consideração e pode atrapalhar os planos de um banho quente em meio às temperaturas negativas que prometem se espalhar pelo estado. A previsão é de que as temperaturas mínimas cheguem a -7 °C em cerca de 80% do Estado.

Frio intenso deve atingir Santa Catarina nesta semana – Foto: Arquivo/Sérgio Felipe RodriguesFrio intenso deve atingir Santa Catarina nesta semana – Foto: Arquivo/Sérgio Felipe Rodrigues

Além de reforçar as equipes em São Joaquim, Urupema, Urubici, Bom Jardim da Serra, Canoinhas e Curitibanos, regiões mais frias de Santa Catarina, a Companhia orienta a população a proteger a tubulação, evitar o congelamento dos canos e garantir o banho nos dias frios.

As tubulações que não estão enterradas e ficam expostas às condições climáticas devem ser cobertas para evitar o risco de congelamento. Para isso, a Casan explica que a cobertura pode ser feita com papelão, jornais, plásticos ou lonas, o que minimiza as chances de congelamento. Essa mesma proteção pode ser feita em hidrômetros, o que também diminui a chance de rompimento do equipamento.

“As equipes estarão atentas para atender da melhor forma possível as demandas, mas eventuais consertos só poderão ser realizados após descongelamento das tubulações”, explica o Chefe da Agência de São Joaquim, Luiz Carlos do Amaral, acostumado a enfrentar ondas de frio na região.

Além de reforçar as equipes, a Casan também aumentou o estoque de equipamentos como conexões, joelhos, registros, emendas e hidrômetros, necessários para atender a possíveis problemas e rompimentos que podem ocorrer neste período de baixas temperaturas.

A Defesa Civil também divulgou recomendações para encarar o frio em Santa Catarina. Entre elas, reforçar a atenção com a população mais vulnerável, como crianças, idosos e moradores em situação de rua, além de animais de estimação, que devem ser abrigados durante a noite. Apesar de recomendar o aquecimento constante, a Defesa Civil alerta para o uso de técnicas inapropriadas, como churrasqueiras e latas de combustíveis dentro de casa, que podem provocar incêndios.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo

Loading...