Chuva causa alagamentos, falta de água e cancelamento de aulas no Litoral Norte de SC

Camboriú, Balneário Camboriú, Brusque e Itajaí registraram problemas causados pela chuva nesta quarta-feira (4)

A chuva praticamente sem trégua desta quarta-feira (4) tem causado alagamentos em quase todas as cidades do Litoral Norte de Santa Catarina. O deslocamento de um ciclone extratropical colocou o Estado em alerta máximo, especialmente a Grande Florianópolis, Alto e Médio Vale do Itajaí, Litoral e Planalto Sul.

Rua Monte Acaraí, bairro Monte Alegre, também registrou alagamentos em Camboriú – Foto: Defesa Civil Camboriú/DivulgaçãoRua Monte Acaraí, bairro Monte Alegre, também registrou alagamentos em Camboriú – Foto: Defesa Civil Camboriú/Divulgação

Veja pontos onde já foram registrados alagamentos:

Camboriú

Em Camboriú a Defesa Civil local registrou alagamentos nos bairros Santa Regina, Areias e Monte Alegre, além pontos de deslizamento na estrada geral do Braço, área rural do município.

O secretário de Defesa Civil, Jaime Angel, orienta ainda para os moradores que moram próximo de encostas fiquem atentos e em caso de movimentação de terra deve-se retirar da residência, procurar abrigo seguro e informar a Defesa Civil ou Corpo de Bombeiros, se for caso de resgate.

Interior de Camboriú também tem pontos de alagamento – Vídeo: Leitor/Reprodução/ND

O município também alerta moradores das proximidades do Rio Camboriú devem estar em estado de alerta, pois devido ao grande volume de chuva o rio está fluindo com intensidade.

Rua Monte Acaraí, bairro Monte Alegre, também registrou alagamentos em Camboriú - Defesa Civil Camboriú/Divulgação
1 3
Rua Monte Acaraí, bairro Monte Alegre, também registrou alagamentos em Camboriú - Defesa Civil Camboriú/Divulgação
Rio Camboriú está alto e tem risco de alagamentos nas proximidades - Defesa Civil Camboriú/Divulgação
2 3
Rio Camboriú está alto e tem risco de alagamentos nas proximidades - Defesa Civil Camboriú/Divulgação
Situação do Parque Linear, em Camboriú - Defesa Civil Camboriú/Divulgação
3 3
Situação do Parque Linear, em Camboriú - Defesa Civil Camboriú/Divulgação

Balneário Camboriú

Em Balneário Camboriú, a situação é mais crítica no bairro dos Estados, na proximidade do Balneário Shopping. Até o começo da tarde desta quarta, dois pontos estavam com alagamentos, na avenida Santa Catarina, na altura da rua Acre, e na rua Acre, na altura da rua Rondônia.

Ruas no bairro dos Estados também registraram alagamentos – Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú/DivulgaçãoRuas no bairro dos Estados também registraram alagamentos – Foto: Prefeitura de Balneário Camboriú/Divulgação

Atualização (17h30): A Defesa Civil informou que não há mais vias interditadas devido a alagamentos e todas as ruas transitam normalmente. Os agentes de Trânsito seguem monitorando os demais pontos críticos da cidade e acompanhando o trânsito.

Brusque

A situação em Brusque é mais crítica. A diretoria de Trânsito do município fechou trechos da avenida Beira Rio devido ao rio Itajaí-Mirim ter começado a sair da calha. Às 14 horas, o nível do rio estava em 4,78 metros.

A Beira Rio no sentido Centro/Jardim Maluche, na rotatória da Apae e no sentido Jardim Maluche/Centro no Sotck Supermercado. No bairro Limoeiro, na rotatória nos fundos do Sesi até o loteamento Emma 2, a via também está interditada.

A Guarda de Trânsito de Brusque solicita compreensão e paciência dos motoristas. “Busquem rotas alternativas. Já sabemos que o trânsito no horário de pico há congestionamento e em virtude da chuva e da Beira Rio fechada, será agravado”, destaca o diretor-geral de trânsito, Renato Bianchi.

Rio Itajaí-Mirim saiu da calha e alcançou mais de 4 metros nesta quarta (4) - Defesa Civil Brusque/Divulgação
1 2
Rio Itajaí-Mirim saiu da calha e alcançou mais de 4 metros nesta quarta (4) - Defesa Civil Brusque/Divulgação
Trechos da avenida Beira Rio em Brusque foram fechados - Defesa Civil Brusque/Divulgação
2 2
Trechos da avenida Beira Rio em Brusque foram fechados - Defesa Civil Brusque/Divulgação

Itajaí

Itajaí registrou desde segunda-feira (2) mais de 115 milímetros e até o momento nenhuma ocorrência foi atendida pela Defesa Civil. No entanto, o órgão de proteção e segurança já mobilizou o GRAC (Grupo de Respostas e Ações Coordenadas) para ficar de prontidão a partir da tarde desta quarta-feira (4).

Na Univali, aulas foram canceladas no período noturno devido às chuvas na região. “A reposição das aulas presenciais relativas a essa carga horária será administrada diretamente com os docentes de cada disciplina em momento posterior”, traz a nota. A decisão vale para todos os campi da universidade.

Alunos registraram água nos corredores da universidade.

Alunos registraram água em corredores de universidade – Vídeo: Reprodução/ND

A correnteza e a força da água no Rio Itajaí-Açu dificultaram também a travessia entre Itajaí e Navegantes na manhã desta terça. Até as 14h30, a balsa da Barra do Rio-Machados ficou paralisada, mas voltou a operar durante a tarde.

A praticagem do Complexo Portuário de Itajaí e Navegantes também informou que o nível alto do rio ainda impossibilita a entrada e saída de navios da Barra do Rio.

Tratamento de água comprometido em Itajaí

Devido às chuvas, a Estação de Tratamento de Água do Limoeiro, em Itajaí, voltou a ser paralisada ao meio-dia desta quarta-feira (4). O motivo é o aumento da turbidez no rio. O sistema conseguiu operar por apenas três horas durante a manhã, com vazão reduzida, quando a turbidez havia se reduzido significantemente, mas os valores atuais superam as 1.500 unidades de turbidez, inviabilizando o funcionamento dos equipamentos. Os reservatórios do Limoeiro estão em cerca de 20% de sua capacidade, o que significa que imóveis em áreas mais altas podem já serem afetados por baixa pressão. Nas próximas horas, poderá ocorrer falta de água na região.

A recuperação do sistema depende da melhoria das condições climáticas, para que a água do Ribeirão Mineral possa se estabilizar, portanto não é possível fornecer uma previsão de normalização neste momento. A melhor forma de contribuir durante este período é racionando o uso de água.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo

Loading...