Chuvas já provocaram danos em 57 municípios de Santa Catarina

A Defesa Civil informou, até agora, 8.135 pessoas prejudicadas em todo Estado

O número de municípios atingidos pelas fortes chuvas desde a semana passada não para de subir em Santa Catarina. Na noite desta sexta-feira (16), a Defesa Civil do Estado confirmou 57 cidades com danos provocados pelos temporais. Destas, 13 localidades registraram problemas de modo sequente nos últimos dias.

Rafael Beling/Defesa Civil/Divulgação/ND

Em Rio do Sul, várias regiões da cidade ficaram alagadas nesta sexta

A Defesa Civil informou, até agora, 8.135 pessoas prejudicadas. Foram contabilizados 703 desalojados e 437 desabrigados em todo Estado. O número de residências atingidas alcança 1.663 e foram oito as edificações públicas danificadas. Também aconteceram duas mortes, sendo uma em Lebón Régis e a outra em Balneário Piçarras.

Queda de granizo, temporal, alagamentos, queda de barreiras, vendavais e deslizamentos estão entre as ocorrências registradas. Além de Lebon Régis, Papanduva também decretou Situação de Emergência por causa dos estragos. Somente nessas duas cidades, são quase 6 mil pessoas prejudicadas.  

Ainda há riscos de deslizamentos de terra neste sábado nas regiões Oeste, Planalto Norte, Vale do Itajaí e Grande Florianópolis. Segundo dados da Epagri/Ciram, pelo menos 25 municípios registraram acúmulo de chuva acima dos 50mm somente nesta sexta-feira. Os maiores índices de precipitação foram em Rio do Campo (90mm), Atalanta (86mm), Ituporanga (85mm),  Rio do Sul (80mm) e Taió (78mm).  

A Defesa Civil também continua monitorando os rios que apresentam riscos de inundações. Até a manhã deste sábado, permanecem acima da cota de emergência os rios em Taió, Rio do Oeste, Laurentino, Rio do Sul e Brusque. Já em Blumenau, ainda no Vale do Itajaí, e em Três Barras, no Planalto Norte, os rios estão em cota de alerta.

Um dos mais críticos é em Rio do Sul, que atingiu a cota máxima de 8,75m às 21h desta sexta-feira e provocou alagamentos na cidade.  Na medição das 7h deste sábado, estava com 8,46 e baixando cerca de 7cm/h. 

Já em Porto União, o Rio Iguaçu está em 5,81m nesta manhã e subindo cerca de 1cm a cada três horas. Como forma preventiva, quatro famílias foram encaminhadas para um ginásio da cidade esperar que o nível do rio abaixe.  

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo

Loading...