Ciclone subtropical atinge Litoral Norte de SC com frio e vento intensos; veja detalhes

Defesa civil emitiu alerta e prefeituras se mobilizam para prestar assistência às pessoas em situação de rua ou em vulnerabilidade social

O frio intenso chegou também ao Litoral Norte de Santa Catarina, em Itajaí, há alerta para ressaca e ciclone extratropical entre esta terça-feira (17) e quarta-feira (18), com rajadas de vento com velocidade acima de 100km/h. A prefeitura da cidade já se mobiliza para prestar assistência às pessoas em situação de rua.

Brusque, no Vale do Itajaí, também está em alerta e as temperaturas podem chegar a 5°C na cidade, também há previsão de rajadas de vento acima de 75km/h.

Litoral Norte de SC tem alerta para ciclone subtropical e frio intenso – Foto: Bruno Golembiewski/NDLitoral Norte de SC tem alerta para ciclone subtropical e frio intenso – Foto: Bruno Golembiewski/ND

“Este fenômeno conjunto está acontecendo devido a uma massa de ar polar, bastante frio na região Sul do país, e pode, também, ir para outros Estados, e também a formação de um ciclone junto a costa do Rio Grande do Sul que deve se deslocar a costa do Sul durante a semana. É importante que a população fique atento a novos alertas, e em caso de emergência ligue para o 199”, explica o chefe de Vistorias e Fiscalização, Edevilson Cugiki.

Em Itajaí o fenômeno segue até a próxima quinta-feira (19), e o vento forte se intensifica conforme o ciclone se aproxima do Estado.

Ciclone subtropical

O fenômeno traz risco potencial de estragos por conta dos fortes ventos, o mar fica muito agitado e há risco de ressaca. De acordo com o meteorologista Piter Scheuer, o ciclone subtropical teve fases de ciclone extratropical. Nesta época do ano, o ciclone mais comum de ocorrer é o extratropical por conta das frentes frias que atravessam a região.

No entanto, o ciclone extratropical se transformou em um ciclone subtropical, que pode vir ou não acompanhado de uma frente fria.

Litoral Norte está em alerta para ciclone subtropical – Foto: Defesa Civil/DivulgaçãoLitoral Norte está em alerta para ciclone subtropical – Foto: Defesa Civil/Divulgação

Segundo Scheuer, o ciclone extratropical, geralmente, tem mais energia e velocidade. Contudo, subtropical em questão registra forte intensidade.

Scheuer explica que o fenômeno não deve avançar para algo mais do que um ciclone, como um furacão, por exemplo. “Furacão tropical gosta de águas aquecidas e é um sistema único, não tem frente fria associada”, diz.

Prefeituras se mobilizam

A prefeitura de Itajaí já se preparou para prestar assistência às pessoas em situação de rua ou vulnerabilidade social por conta das baixas temperaturas, o município vai ativar o abrigo de inverno para receber moradores em situação de vulnerabilidade a partir desta terça-feira (17).

Organizado pela secretaria municipal de Assistência Social, o espaço oferece colchões, cobertores, travesseiros e kits de higiene para proporcionar noites mais confortáveis e seguras à população que necessita.

Itajaí se mobiliza para enfrentar semana de frio intenso – Foto: Marcos Porto/Secom ItajaíItajaí se mobiliza para enfrentar semana de frio intenso – Foto: Marcos Porto/Secom Itajaí

Nesta semana, o serviço da Abordagem Social também intensificará os atendimentos diários por toda cidade para dar suporte às pessoas em situação de rua. A população pode acionar o serviço pelo telefone de plantão (47) 99919-8961 (Ligações e WhatsApp). A equipe de proteção social está disponível a partir das 4h até 1h para atendimento.

O abrigo funcionará em noites de frio intenso com temperatura igual ou menor que 14°C a partir das 19h, com 40 vagas para pernoite. O local para atender as pessoas em situação de vulnerabilidade fica na rua Jorge Fernandes, nº 67, no bairro Fazenda. A Casa de Apoio Social também está preparada para atendimento, caso a demanda seja superior ao número de vagas disponíveis no abrigo.

Nas unidades assistenciais, o cidadão pode ser encaminhado para o acolhimento, o município de Itajaí oferece ainda serviços de alimentação, higiene, roupas, guarda de pertences e encaminhamento para confecção de documentos pessoais ou outros serviços da cidade. Os cidadãos que decidirem voltar para seus municípios de origem também recebem passagem rodoviária para todas as regiões do país.

População em vulnerabilidade social tem assistência de prefeituras da região – Foto: Marcos Porto/Secom IntejaíPopulação em vulnerabilidade social tem assistência de prefeituras da região – Foto: Marcos Porto/Secom Intejaí

Brusque

Em Brusque, por conta da previsão da onda de frio intenso, a secretaria de Desenvolvimento Social intensificará as abordagens às pessoas em situação de rua para acolhimento e encaminhamento ao albergue e Centro Pop.

O telefone de contato da Secretaria de Desenvolvimento Social é (47) 3251-1963. O telefone de contato do albergue e Centro Pop é (47) 3351 – 6328.

Camboriú

Em Camboriú a secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social montou um plano de contingência para atuar durante a onda de frio. A equipe está preparada com agasalhos, cobertores e de prontidão para montar um abrigo emergencial, caso seja necessário.

A equipe de abordagem social, que está diariamente nas ruas, vai realizar o acolhimento ou entregar cobertores – para quem se recusar ir para o abrigo.

Abrigos são montados para atender população em situação de rua no Litoral Norte de SC – Foto: Marcos Porto/Secom ItajaíAbrigos são montados para atender população em situação de rua no Litoral Norte de SC – Foto: Marcos Porto/Secom Itajaí

“Hoje temos 10 vagas no abrigo Viver Livre, caso extrapole o número de vagas vamos montar o nosso. Lembramos também que as pessoas devem ter cuidados redobrados com crianças e idosos”, explica o secretário de Assistência Social, Edson Godinho Mafra Júnior.

Balneário Camboriú ainda se organiza para prestar apoio à população vulnerável nas próximas noites de frio intenso.

Balneário Piçarras

Em Balneário Piçarras a secretaria de Assistência Social também vai abrir um abrigo temporário para proteger pessoas contra o frio intenso, previsto pela Defesa Civil. O abrigo foi desenvolvido dentro da estrutura da Associação dos Trilheiros, localizada no bairro Morro Alto, e funcionará das 20h às 8h.

A equipe de Abordagem Social fará monitoramento das 20h às 22h para contatar as pessoas em situação de rua e realizar o transporte até o abrigo, que disponibiliza travesseiros, lençóis, cobertores, toalhas de banho, kits de higiene pessoal, jantar e café da manhã.

“Considerando que no ano passado foi disponibilizado espaço para até oito pessoas no abrigo, e considerando a atual demanda de atendimento da população de rua da cidade de Balneário Piçarras, aponta-se como estimativa para o ano de 2022 que sejam acolhidas até 14 pessoas”, explica o secretário de Assistência Social, Dorval Vieira.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo

Loading...