Corpo de jovem que desapareceu em Brusque é localizado e mortes após ciclone sobem para 10

Homem de 28 anos estava desaparecido desde terça-feira (30), quando caiu em um rio em meio ao ciclone bomba que atingiu o Estado

O Corpo de Bombeiros Militar de Brusque confirmou, na manhã deste sábado (4), que o corpo do jovem de 28 anos que estava desaparecido no Rio Itajaí-Mirim desde a passagem do ciclone bomba na terça-feira (30), foi encontrado por familiares que auxiliavam nas buscas. Com isso, sobe para 10 o total de vítimas do ciclone bomba que atingiu Santa Catarina nesta semana.

Corpo de jovem que estava desaparecido em rio desde a passagem do ciclone foi encontrado na manhã deste sábado, em Brusque – Foto: CBM/Divulgação/ND

Na manhã deste sábado, mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Brusque e da 2ª Companhia de Blumenau ainda iniciavam as buscas quando foram informados que o corpo havia sido encontrado.

Leia também:

Familiares da vítima encontraram o corpo por volta das 9h30. Ele estava a cerca de 400 metros da ponte pênsil por onde o homem passava durante a chegada do vendaval.

A equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros realizou então a retirada da vítima da água. O IGP (Instituto Geral de Perícias) foi acionado para as providências legais.

As buscas

Nos dois primeiros dias de buscas, mergulhadores fizeram o trabalho subaquático. Eles chegaram a localizar a moto que o rapaz estava pilotando no momento em que a estrutura que liga os bairros Limoeiro e Bateas rompeu.

Nesta sexta-feira (3), o trabalho ganhou o reforço de dois cães. O sargento Romão e o cão Bravo, além do cabo de Souza e a cadela Zaara auxiliaram as equipes de mergulhadores apontando possíveis locais para averiguação.

Calamidade pública em SC

Ainda neste sábado (4), o presidente Jair Bolsonaro sobrevoou áreas atingidas no Estado. Na quinta-feira, o governador Carlos Moisés decretou estado de calamidade pública em Santa Catarina por conta dos estragos causados pela passagem do ciclone.

+

Tempo