Defesa Civil do Estado espera novo pico de maré alta para a madrugada

Cidades do litoral catarinense já contabilizam estragos causados desde a noite desta sexta-feira (3) em virtude da chegada de um ciclone extratropical

A Defesa Civil espera um novo pico de maré alta para as cidades litorâneas de Santa Catarina na madrugada deste sábado para domingo. Conforme dados da Epagri, o ponto mais alto deve ser em Joinville, com 2,04 metros à 1h45.

Em Balneário Camboriú a previsão é de que alcance 1,31 metro por volta da uma hora da manhã. Já na capital do Estado o pico de maré pode chegar a 1,10 metro à 1h da madrugada.

Previsão da Epagri Ciram – Foto: DCSC/Divulgação

O fenômeno ocorre em virtude da chegada de um ciclone, que mantém as condições para mar revolto até o fim da tarde de domingo. Desde a noite de sexta-feira (3) várias cidades sofreram prejuízos.

Na praia da Joaquina, em Florianópolis, a água danificou os quiosques. A prefeitura espera fazer a recuperação do local assim que a ressaca passar, afirma o diretor da Defesa Civil municipal, Luiz Eduardo Machado.

Fenômeno causou estragos na praia da Joaquina – Foto: DCF/Divulgação/ND

A prefeitura de Balneário Camboriú, por sua vez, diz que não houve muito estrago na cidade. O principal problema foi água e areia que avançaram para as ruas e calçadas, conta o diretor de Defesa Civil do município, Fabrício Melo.

No decorrer do dia, equipes trabalharam na limpeza na Avenida Atlântica, entre as ruas 3850 e 4000. Também foram atingidas a Avenida Normando Tedesco e a Sexta Avenida, com rua Barra Velha.

Balneário Camboriú fez força-tarefa para limpar orla – Foto: DCBC/Divulgação/ND

+

Tempo