Defesa Civil emite alerta máximo para deslizamentos em Florianópolis

Após uma semana de chuva acima da média, a capital sofre os efeitos do acúmulo de água

Defesa Civil de Santa Catarina emitiu um alerta máximo de risco para movimentação do solo e deslizamentos no município de Florianópolis.

Alerta de risco máximo para o município de Florianópolis – Foto: Defesa Civil de Santa Catarina/Divulgação/NDAlerta de risco máximo para o município de Florianópolis – Foto: Defesa Civil de Santa Catarina/Divulgação/ND

Após uma semana de chuva acima da média, a capital sofre os efeitos do acúmulo de água de 393mm em quatro dias, sendo 130 mm apenas nas últimas 12 horas.

Buscando alertar a população e evitar novos desastres, a Defesa Civil de Santa Catarina orienta a população para que fique atenta a movimentação e inclinação de postes e árvores, qualquer movimento de terra ou rochas próximo a residências e o aparecimentos de rachaduras em muros e paredes.

Desastres em Florianópolis

O final de semana foi intenso para Prefeitura, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia e Guarda Municipal que atenderam inúmeras ocorrências de deslizamentos, alagamentos, incluindo o soterramento de duas pessoas no bairro Saco Grande.

Com a permanência de chuva na previsão do tempo para os próximos dias e os estragos causados até o momento, o prefeito Gean Loureiro (DEM) declarou situação de emergência a partir deste domingo (24).

A população deve ficar atenta para qualquer movimento de terra ou rochas próximo a residências – Foto: Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/NDA população deve ficar atenta para qualquer movimento de terra ou rochas próximo a residências – Foto: Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND

A Defesa Civil de Florianópolis e outros órgãos da Prefeitura estão atuando com 11 caminhões hidrojatos para retirar a água das ruas. Além disso, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e voluntários da Rede Solidária Somar Floripa, um abrigo emergencial na passarela da Cidadania está preparado para receber pessoas desabrigadas.

Em caso de emergência, ligue para 199 ou 193.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Tempo