Defesa Civil emitiu 16 alertas no dia em que tornado atingiu SC

Alertas foram divulgados pelas redes sociais do órgão e também via SMS; apenas 8% dos catarinenses estão cadastrados nessa modalidade

Na sexta-feira (14), a Defesa Civil de Santa Catarina emitiu 16 alertas sobre a mudança nas condições do tempo no Estado. As observações climáticas, alertas e atenções foram emitidos antes, durante e após a formação de dois tornados que atingiram entre às 15h e 15h30 os municípios de Água Doce e Irineópolis, no Meio-Oeste e Planalto Norte, respectivamente.

Os alertas também davam conta dos temporais registrados no decorrer do dia nas demais regiões do Estado.

Tornados destelharam casas no município de Água Doce – Foto: Reprodução/NDTV

Desde o dia 11 de agosto os catarinenses estavam avisados da mudança climática que atingiu Santa Catarina. Dois dias depois uma observação meteorológica publicada na manhã de quinta-feira, dai 13, alertava para risco de temporais acompanhados de rajadas de vento granizo pontual, em toda a região Oeste, Serra e Planalto Norte.

Já na sexta-feira (14), dia em que ocorreram os fenômenos, todos os 16 alertas emitidos para a população eram de curtíssimo prazo. Dentre os alertas, foram emitidos oito observações, sete atenções e um alerta. Eles foram divulgados através de mensagens via SMS, no site e nas redes sociais (como Twitter e Instagram).

Com o decorrer do dia e novas observações climáticas, os alertas deixaram mais claro quais municípios seriam atingidos pelo fenômeno.

Alerta emitido às 15h27 sobre os temporais que atingiram a região – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

A primeira atualização meteorológica, divulgada por volta das 9h da manhã, dava conta da presença de chuva forte com raios e rajadas intensas de ventos no Oeste, mas que se espalharia para o resto do Estado.

Por volta das 12h15 um novo alerta destacou a região Oeste como principal foco do fenômeno.

Novos alertas, emitidos às 13h15, 13h58 e 14h31 davam conta da presença de temporais com raios e risco de granizo isolado para a região Extremo-Oeste e Oeste, nas duas horas seguintes.

Por volta das 15h27, período em que ocorriam os fenômenos, o órgão alertou para tempestade severa entre os municípios de Joaçaba e Lindóia do Sul. Um novo alerta, divulgado uma hora depois, destacava as regiões do Meio-Oeste e Planalto Norte como principal foco.

Novos alertas no decorrer do dia, após o registro do tornado, davam conta do avanço dos temporais por todo o Estado.

Alerta divulgado durante fenômeno indicava região atingida pelos tornados – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

Cadastrados no sistema de alertas é baixo

Na ocasião da formação do ciclone-bomba, que atingiu o Estado, no dia 30 de junho, reportagem do nd+ informou que apenas 8,05% da população estava cadastrada no sistema de alertas emitidos pela Defesa Civil . O número representa 503 mil catarinenses cadastrados na plataforma – de uma população de 6.248.436 pessoas (dados do IBGE de 2010).

Os alertas são elaborados com base nas imagens de radar e do satélite GOES 16. Para receber o alerta da Defesa Civil basta fazer um cadastro, enviando uma mensagem de texto SMS para o número 40199, contendo no texto apenas o CEP do local que deseja receber as informações.

Temporal deixa ao menos 16 feridos e mais de 800 desabrigados

Até o início da tarde deste sábado (15), a Defesa Civil registrou 16 feridos, 830 desabrigados e 120 desalojados em todo o Estado em função dos tornados.

Apenas no município de Água Doce, 25 casas foram destruídas, outras 700 residências foram danificadas ou destelhadas e pelo menos 11 pessoas ficaram feridas, sendo que duas em estado grave.

Novos alertas

O quadro de instabilidade deve permanecer no Estado. A Defesa Civil de Santa Catarina alerta para a possibilidade de chuva forte acompanhada de raios da noite deste sábado (15) até a manhã do domingo (16). Segundo o órgão, há risco de uma eventual queda de granizo e rajadas de vento.

Os fenômenos meteorológicos são previstos para o Extremo-Oeste, Meio-Oeste, Planalto Norte, Litoral Norte, Vale do Itajaí, Planalto Sul e Grande Florianópolis.

+

Tempo