Depois de tornado, SC tem previsão de mais temporais; saiba as chances de novos estragos

Estado segue sob alerta para chuva volumosa até a madrugada desta quarta-feira (15); ventos passaram dos 100 km/h nesta segunda (13)

Com o registro de diversos estragos e a confirmação da passagem de um tornado no Oeste catarinense na noite desta segunda-feira (13), o Estado de Santa Catarina segue sob alerta de chuvas volumosas até a madrugada de quarta (15).

Segundo a Defesa Civil, o estado é de atenção para ocorrências associadas à chuva volumosa no Norte catarinense. Em todas as outras regiões, há risco moderado.

Santa Catarina tem previsão de mais temporais na manhã desta quarta-feira (15) – Foto: Giulia Venutti/NDTVSanta Catarina tem previsão de mais temporais na manhã desta quarta-feira (15) – Foto: Giulia Venutti/NDTV

No entanto, de acordo com o meteorologista Piter Scheuer, “o pior já passou”, e não há previsão de novos fenômenos devastadores para as próximas horas.

“Não tem mais previsão de tempo extremo para o nosso Estado, o que tinha que ter, já foi. Teremos chuvas e períodos de melhora, inclusive com temperaturas mais agradáveis. O mais forte foi na noite de segunda e madrugada desta terça, principalmente no Oeste”, afirma Scheuer.

Segundo a previsão da Epagri/Ciram, assinada pelos meteorologistas Marcelo Martins e Gilsânia Cruz, a condição de chuva e temporais isolados persiste em Santa Catarina entre esta terça até a manhã de quarta.

As chuvas devem vir acompanhadas de raios, rajadas fortes de vento acima dos 60 km/h e até queda de granizo.

Os totais mais elevados, de 30 a 50mm, devem ocorrer no centro e norte do Estado. Na madrugada de quarta ainda há condição de temporais no Planalto Norte e Litoral Norte.

“Pode ter algum temporal mais intenso, principalmente no Norte, mas acredito que não seja mais do que já deu”, corrobora Gilsânia Cruz.

Alerta da Defesa Civil

De acordo com a última atualização da Defesa Civil sobre os temporais no Estado, o risco é moderado a alto para ocorrências associadas aos temporais, chuva intensa e volumosa durante esta terça e a madrugada de quarta.

O órgão reforça que entre a noite e madrugada a condição de tempestades retorna, com mais força para as áreas da divisa com o Paraná. No norte do Estado, o risco é alto para ocorrências de chuva intensa, com rajadas fortes e momentâneas de vento, descargas elétricas e granizo.

A Defesa Civil recomenda que, em casos de tempestades com ventos fortes e raios, a população deve buscar um local abrigado, longe de árvores, placas, postes de energia e outros objetos que possam ser arremessados.

Também é bom ficar longe de janelas e desligar aparelhos eletrônicos. O órgão lembra, ainda, que banheiro de alvenaria é um local muito seguro para estas ocasiões. Na praia, jamais fique na água.

Quarta-feira deve ser de tempo seco

Depois de mais uma noite com alguns temporais no Estado, a quarta-feira (15) deve ser de melhora no tempo em Santa Catarina, de acordo com Piter Scheuer.

“Quarta-feira será um dia de tempo seco, de melhora em todo o Estado. Deve ter alternância entre céu aberto e tempo nublado, em todo Oeste, Meio-Oeste, Serra e Litoral Sul – essa é a tendência. No Nordeste ainda pode ter alguma maior concentração de nebulosidade que pode trazer alguma chuva passageira”, aponta o meteorologista.

Confira as temperaturas para esta quarta-feira:

  • Litoral Norte:  16°C / 23°C;
  • Planalto Norte:  11°C / 20°C;
  • Grande Florianópolis Litorânea: 13°C / 19°C;
  • Grande Florianópolis Serrana: 10°C / 17°C;
  • Vale do Itajaí: 13°C / 20°C;
  • Litoral Sul: 8°C / 18°C;
  • Planalto Sul: 6°C / 17°C;
  • Meio-Oeste: 13°C / 19°C;
  • Oeste: 13°C / 16°C;
  • Extremo-Oeste: 11°C / 18°C.

Tornado F0 confirmado no Oeste: veja os estragos

Defesa Civil de Santa Catarina confirmou na tarde desta terça a passagem de um tornado pelo município de Guatambu, na região Oeste de Santa Catarina, na noite desta segunda-feira.

O fenômeno climático passou pelo município próximo das 23h e causou estragos pontuais.

O meteorologista Piter Scheuer acredita que um tornado de categoria F0 — pequena proporção — atingiu o interior de Guatambu, no Oeste catarinense, no começo da madrugada desta terça-feira (14). - Piter Scheuer/ND
1 7
O meteorologista Piter Scheuer acredita que um tornado de categoria F0 — pequena proporção — atingiu o interior de Guatambu, no Oeste catarinense, no começo da madrugada desta terça-feira (14). - Piter Scheuer/ND
“Foi um tornado bem isolado, pontual, que atingiu parte de uma casa e deixou apenas danos materiais”, disse o especialista. Scheuer esteve no local no começo da manhã, coletou dados e enviou à Defesa Civil Municipal. - Piter Scheuer/ND
2 7
“Foi um tornado bem isolado, pontual, que atingiu parte de uma casa e deixou apenas danos materiais”, disse o especialista. Scheuer esteve no local no começo da manhã, coletou dados e enviou à Defesa Civil Municipal. - Piter Scheuer/ND
As demais cidades da região que também registraram estragos, como Chapecó, foram atingidas por temporais e vendavais. “O cone do tornado pegou apenas o interior de Guatambu, quebrou algumas árvores”, comentou Scheuer. - Piter Scheuer/ND
3 7
As demais cidades da região que também registraram estragos, como Chapecó, foram atingidas por temporais e vendavais. “O cone do tornado pegou apenas o interior de Guatambu, quebrou algumas árvores”, comentou Scheuer. - Piter Scheuer/ND
O morador que teve a casa destelhada conta que tudo aconteceu muito rápido. “Acordei com um barulho muito alto, até estranhei e abri a janela. Mas logo virou o vento e um apareceu redomoinho que parecia que ia levantar a casa do chão”, disse Eduardo ao meteorologista. -
4 7
O morador que teve a casa destelhada conta que tudo aconteceu muito rápido. “Acordei com um barulho muito alto, até estranhei e abri a janela. Mas logo virou o vento e um apareceu redomoinho que parecia que ia levantar a casa do chão”, disse Eduardo ao meteorologista. -
Scheuer ressalta que o fenômeno foi pequeno e isolado, uma vez que não chegou a atingir outras residências. - guatambu
5 7
Scheuer ressalta que o fenômeno foi pequeno e isolado, uma vez que não chegou a atingir outras residências. - guatambu
Muitos danos foram registrados no local - guatambu-01
6 7
Muitos danos foram registrados no local - guatambu-01
Árvores foram quebradas pelo vento - Foto: Piter Scheuer/ND
7 7
Árvores foram quebradas pelo vento - Foto: Piter Scheuer/ND
+

Tempo

Loading...