Florianópolis tem ruas e avenidas alagadas após chuva de 115 mm na madrugada

Volume foi contabilizado durante a madrugada desta segunda-feira (1º); pontos de alagamento estão sendo registrados durante toda a manhã no município

Enquanto áreas do Estado registraram volumes de chuva próximos de zero na madrugada desta segunda-feira (1º), às 7h30 Florianópolis havia contabilizado 115 mm de precipitação considerando as seis horas anteriores, segundo balanço da Epagri/Ciram. O resultado disso foram alagamentos que permanecem até o final desta manhã. Algumas regiões ainda seguem chuvosas.

Florianópolis registrou 115 mm de chuva na madrugada desta segunda-feira (1º)Florianópolis registrou 115 mm de chuva na madrugada desta segunda-feira (1º) – Foto: GMF/Aquivo/ND

O contraste é marcante mesmo na Capital. Enquanto a estação central marcou 115 mm, a região da Lagoa do Peri registrou apenas 28 mm na madrugada. Às 7h30, em São José, na Grande Florianópolis, o volume de chuva em seis horas foi de 80 mm.

O meteorologista da Epagri/Ciram Marcelo Martins explica que toda a Capital está sob influência de um sistema de alta pressão no início desta semana, jogando a umidade do vento leste e nordeste para a costa catarinense. “Fica praticamente o dia inteiro, favorecendo toda essa entrega de umidade”, afirma.

Algumas áreas, no entanto, acabam ficando mais suscetíveis a grandes volumes de chuva por causa do “efeito local”, aponta Martins. Trata-se, neste caso, da chuva orográfica, que acontece quando a massa de ar úmida encontra um obstáculo, como uma montanha, gerando precipitação.

As chuvas persistentes devem permanecer na Capital até quarta. “Essa condição deve ampliar para a região Oeste, onde não tem chovido”, antecipa Martins.

Alertas

De acordo com o meteorologista, essa concentração de chuva coloca as áreas em alerta para deslizamentos e alagamentos.

Deslizamento na Via Expressa nesta segunda-feira (1º)Deslizamento na Via Expressa nesta segunda-feira (1º) – Foto: GMF/Divulgação/ND

A Defesa Civil, inclusive, emitiu um alerta, na madrugada desta segunda-feira, para risco “muito alto” de ocorrências em áreas da Capital. Segundo o órgão, a tendência de chuva moderada a forte, em curto espaço de tempo, segue na região nesta manhã. Vale do Itajaí e áreas próximas também devem sentir os efeitos da precipitação.

Até as 7h45, apenas uma ocorrência havia sido registrada pela Defesa Civil de Florianópolis. O muro de uma casa caiu, no bairro Saco dos Limões, mobilizando a guarnição às 6h30 desta segunda. Não houve vítimas. O bairro compreende a área com maior acumulado de chuva nesta segunda.

Pouco tempo depois, às 7h50, um deslizamento de terra ocorreu no acostamento da Via Expressa (BR-282), sentido BR-101. Há um mês, o mesmo local já havia sofrido com queda de barreira por causa das chuvas. Às 9h10, uma faixa seguia bloqueada para garantir segurança na retirada o sedimento; a desobstrução acontece com o auxílio de uma retroescavadeira da prefeitura.

“Por enquanto ainda não atingiu nenhuma das pistas, mas já bloqueou o acostamento”, informou o subcomandante da GMF (Guarda Municipal de Florianópolis), Ricardo Pastrana. Ele pede atenção dos motoristas, já que a “cidade já está bastante enxarcada, então esses alagamentos e deslizamentos estão bem sucessíveis no dia de hoje”, diz.

Um grande volume de chuva também provocou alagamentos na Via Expressa Sul, na região central de Florianópolis, no início da manhã. As faixas de sentido bairro-Centro ficaram tomadas pela água.

Via Expressa Sul ficou alagada na manhã desta segunda-feira (1º) – Foto: Divulgação/NDVia Expressa Sul ficou alagada na manhã desta segunda-feira (1º) – Foto: Divulgação/ND

Perto das 10h, a água acumulada inteferia ainda no trânsito da saída do elevado Dias Velho, no Centro, em direção à ponte Colombo Salles, onde cones foram inseridos para sinalização da via. Equipes da GMF foram deslocadas para minimizar os impactos no trânsito. Veja o vídeo:

No mesmo horário, só que na travessa Abilio Nunes Vieira, no bairro Ingleses, no Norte, a água também tomava conta da pista (veja o vídeo abaixo). Segundo a PMRv (Polícia Militar Rodoviária), há vários pontos de alagamento também na SC-405, no Sul da Ilha, do km 0,100 ao 1,100.

Confira o trânsito em tempo real:

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Tempo