Florianópolis ativa plano de contingência por conta do intenso volume de chuvas na região

Deslizamento de terra foi registrado no bairro Prainha; estimativa é que a Capital acumule ao menos 200 milímetros de chuva até quinta-feira (5)

A chuva acumulada em Florianópolis durante a madrugada desta terça-feira (3) a chegou a 77 milímetros, de acordo com dados da Defesa Civil. A estimativa é de que até quinta-feira (5), o volume de chuvas passe dos 200 milímetros.

Por causa disso, um plano de contingência foi ativado entre o órgão e a Prefeitura da Capital.

Órgãos deram início a um plano de contingência para as fortes chuvas em Florianópolis – Foto: Defesa Civil de Santa Catarina/Divulgação/NDÓrgãos deram início a um plano de contingência para as fortes chuvas em Florianópolis – Foto: Defesa Civil de Santa Catarina/Divulgação/ND

O prefeito municipal, Topázio Neto, acompanha as operações. Em um vídeo divulgado pela Defesa Civil, ele aparece explicando que “tudo o que estava previsto para chover no mês de maio, existe a possibilidade de chover nas próximas 24 horas“.

“Isso pode trazer uma série de consequências na cidade, como alagamentos, problemas de trânsito, e eventualmente até problemas mais graves”, ressalta Topázio. No vídeo, Neto garante que a Prefeitura está mobilizada para atender aqueles que precisem, e para cuidar da cidade.

Uma reunião técnica também foi feita com as Secretarias de Infraestrutura, Meio ambiente, Assistência Social e Desenvolvimento Urbano, bem como a GMF (Guarda Municipal de Florianópolis) para desencadear o plano de enfrentamento de desastres que podem ocorrer.

“Isso não é para assustar ninguém, mas sim para que fiquemos preparados para a situação”, garante Topázio.

Deslizamentos e interdição de desvios

Florianópolis já registrou até o momento um deslizamento de encosta relacionado às fortes chuvas. Em cima do montante de terra que deslizou na servidão Família Furtado, na Prainha, estavam alocados residenciais. Ninguém ficou ferido, tendo sido apenas danos materiais, assegurou a Defesa Civil.

Desmoronamento ocorreu por conta das fortes chuvas - Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND
1 5
Desmoronamento ocorreu por conta das fortes chuvas - Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND
Desmoronamento ocorreu por conta das fortes chuvas - Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND
2 5
Desmoronamento ocorreu por conta das fortes chuvas - Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND
Desmoronamento ocorreu por conta das fortes chuvas - Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND
3 5
Desmoronamento ocorreu por conta das fortes chuvas - Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND
Desmoronamento ocorreu por conta das fortes chuvas - Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND
4 5
Desmoronamento ocorreu por conta das fortes chuvas - Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND
Desmoronamento ocorreu por conta das fortes chuvas - Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND
5 5
Desmoronamento ocorreu por conta das fortes chuvas - Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND

Agentes do órgão trabalham no local para assegurar a segurança dos demais moradores que vivem nos arredores.

Outros leves alagamentos foram notificados no acesso à ponte Colombo Salles, na Curva das Bandeiras, no acesso ao Sul da Ilha, ao lado do elevado Dias Velho, na Avenida da Saudade com pouco acúmulo de água em uma das faixas, e no Heliponto da Beira-Mar Norte.

Já em Santo Amaro da Imperatriz, a Defesa Civil municipal notificou que a Estrada Geral do Braço São João, utilizada como desvio para a ponte em construção entre o município e a cidade de Palhoça, ficou interditada por conta das intensas chuvas.

Estrada ficou interditada por conta do volume de chuvas, bem como as obras na ponte que está sendo construída – Foto: Defesa Civil de Santo Amaro da Imperatriz/Divulgação/NDEstrada ficou interditada por conta do volume de chuvas, bem como as obras na ponte que está sendo construída – Foto: Defesa Civil de Santo Amaro da Imperatriz/Divulgação/ND

Enquanto isso, em São José, um rolamento de rocha dentro de um condomínio fechado, o Bosque das Mansões, foi notificado pela Defesa Civil do município. A rocha não chegou a atingir nenhuma residência, mas parte da via de acesso ao condomínio foi isolada por precaução.

GMF orienta motoristas

Conforme o órgão esclarece, o trânsito tende a se complicar em Florianópolis por causa das intensas chuvas. Com isso, o Sub Comandante da GMF, Ricardo Pastrana, orienta os motoristas para manterem cautela e redobrar a atenção e o cuidado nas pistas.

Inauguração cancelada

A chuva em Florianópolis e região também foi motivo para o Prefeito Topázio Neto cancelar a inauguração do anexo do Centro de Saúde do Bairro Itacorubi, que estava agendada para esta terça-feira. Uma nova data será marcada e comunicada à população.

O Centro de Saúde segue funcionando normalmente apesar disso.

Dicas de segurança

Se você observar postes e árvores inclinados, ou deslizamentos, isole-se em local adequado e seguro, e reporte para a Defesa Civil pelo contato 199.

Se você perceber atrasos de trânsito, pontos alagados e quedas de energia, o contato deve ser feito pelo mesmo número, para que a Defesa encaminhe a situação para os órgãos competentes, como a GMF e a Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina).

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo

Loading...