FOTOS: Nuvem ‘faixa de pedestres’ gera curiosidade em moradores

Formação das nuvens surpreendeu os moradores do litoral paulista na última semana; confira os tipos de nuvens e como se formam

Os moradores de Santos, no litoral de São Paulo, ficaram surpresos quando olharam para o céu, na última quinta-feira (14), e encontraram nuvens em formato de “faixa de pedestres”.

De acordo com o meteorologista Piter Scheuer, ela conhecida como “estratos-cúmulo”, localizadas na média atmosfera, local com maior concentração de umidade e que contribui para a formação de nuvens.

“Os ventos fortes e turbulentos localizados na média atmosfera e as ondas de gravidade são os fatores responsáveis por essa formação curiosa da nuvem”, explica Piter Scheuer.

O fato chamou atenção, também, da Prefeitura de Santos que compartilhou uma foto das nuvens na internet.

Veja os principais tipos de nuvens:

*Com informações do portal UOL

Estatos-cúmulo: São nuvens baixas que se organizam em formato de filas e, raramente, provocam chuvas, assim como ocorreu em Santos  – Foto: PMS/Reprodução/ND
1 12
Estatos-cúmulo: São nuvens baixas que se organizam em formato de filas e, raramente, provocam chuvas, assim como ocorreu em Santos  – Foto: PMS/Reprodução/ND
Cirrus: São as mais comuns e apresentam aparência fina e alongada, que contribui para identificar a direção do vento. Além disso, são formadas por cristais de gelo e caracterizadas pela cor branca – Foto: Internet/Reprodução/ND
2 12
Cirrus: São as mais comuns e apresentam aparência fina e alongada, que contribui para identificar a direção do vento. Além disso, são formadas por cristais de gelo e caracterizadas pela cor branca – Foto: Internet/Reprodução/ND
Cirrocumulus: O tipo de nuvem com menor visibilidade na parte alta da atmosfera. Surgem em longas fileiras (parte superior da foto) e ocupam grande parte do céu  – Foto: Internet/Reprodução/ND
3 12
Cirrocumulus: O tipo de nuvem com menor visibilidade na parte alta da atmosfera. Surgem em longas fileiras (parte superior da foto) e ocupam grande parte do céu  – Foto: Internet/Reprodução/ND
Cirrostratus: Mesmo com sua característica fina, elas encobrem todo o céu e diminuem a visibilidade, resultando em um aspecto “nublado”. Além disso, podem indicar a aproximação de uma tempestade – Foto: Internet/Reprodução/ND
4 12
Cirrostratus: Mesmo com sua característica fina, elas encobrem todo o céu e diminuem a visibilidade, resultando em um aspecto “nublado”. Além disso, podem indicar a aproximação de uma tempestade – Foto: Internet/Reprodução/ND
Altocumulus: São nuvens médias e produzidas por gotículas de água, mas não passam de 1 km de espessura. São caracterizadas, também pelas cores ou cinzas – Foto: Internet/Reprodução/ND
5 12
Altocumulus: São nuvens médias e produzidas por gotículas de água, mas não passam de 1 km de espessura. São caracterizadas, também pelas cores ou cinzas – Foto: Internet/Reprodução/ND
Altostratus: Apesar da semelhança com as cirrostratus, elas são mais espessas e cobrem todo o céu, dificultando ainda mais a visibilidade do sol – Foto: Internet/Reprodução/ND
6 12
Altostratus: Apesar da semelhança com as cirrostratus, elas são mais espessas e cobrem todo o céu, dificultando ainda mais a visibilidade do sol – Foto: Internet/Reprodução/ND
Stratus: Esse tipo de nuvem caracteriza-se pela semelhança com um nevoeiro, mas não toca o chão e podem trazer chuva – Foto: Internet/Reprodução/ND
7 12
Stratus: Esse tipo de nuvem caracteriza-se pela semelhança com um nevoeiro, mas não toca o chão e podem trazer chuva – Foto: Internet/Reprodução/ND
Nimbostratus: São nuvens mais baixas e escuras. Além disso, estão associadas aos períodos de dias chuvosos – Foto: Internet/Reprodução/ND
8 12
Nimbostratus: São nuvens mais baixas e escuras. Além disso, estão associadas aos períodos de dias chuvosos – Foto: Internet/Reprodução/ND
Cumulonimbus: São as famosas nuvens de tempestade, por exemplo, granizos e fortes chuvas. A formação das pedras de gelo ocorre por conta do resfriamento da água e formação de cristais de gelo – Foto: Internet/Reprodução/ND
9 12
Cumulonimbus: São as famosas nuvens de tempestade, por exemplo, granizos e fortes chuvas. A formação das pedras de gelo ocorre por conta do resfriamento da água e formação de cristais de gelo – Foto: Internet/Reprodução/ND
Cumulus: São nuvens comuns, representadas de diversas formas, de forma isolada e cor branca e cinza – Foto: Internet/Reprodução/ND
10 12
Cumulus: São nuvens comuns, representadas de diversas formas, de forma isolada e cor branca e cinza – Foto: Internet/Reprodução/ND
Shelf cloud: Uma das que mais assustam e chamam atenção durante as aparições é a Shelf Cloud por conta do seu tamanho e formato – Foto: Rafael Bernardino/Conexão GeoClima/ND
11 12
Shelf cloud: Uma das que mais assustam e chamam atenção durante as aparições é a Shelf Cloud por conta do seu tamanho e formato – Foto: Rafael Bernardino/Conexão GeoClima/ND
Veja onde cada tipo de nuvem se forma – Foto: Freepick/ND
12 12
Veja onde cada tipo de nuvem se forma – Foto: Freepick/ND
+

Tempo

Loading...