Imagens aéreas mostram alagamentos em Joinville

Nesta segunda-feira (10/2), o prefeito de Joinville, Udo Döhler, realizou um sobrevoo na cidade, com apoio do helicóptero Águia da Polícia Militar, para avaliar a situação causada pelo temporal de domingo (09). O voo foi acompanhado pelo coordenador da Defesa Civil, Maikon Richter. Durante o percurso, foram avaliadas as regiões mais atingidas pelas chuvas, como o Distrito de Pirabeiraba, Rio Bonito e a região do Jativoca, no bairro Nova Brasília, onde há ainda pontos de alagamentos devido o volume elevado do rio Águas Vermelhas. Para esta terça-feira, a previsão é de tempo nublado com aberturas de sol à tarde, em Joinville. Há chance de garoar de manhã e à noite.

Vias alagadas no Willy Tilp - Rogério da Silva/Secom/Divulgação ND
1 6

Vias alagadas no Willy Tilp - Rogério da Silva/Secom/Divulgação ND

Rio Bonito, em Pirabeiraba. Risco nas encostas. O monitoramento é constante - Rogério da Silva/Secom/Divulgação ND
2 6

Rio Bonito, em Pirabeiraba. Risco nas encostas. O monitoramento é constante - Rogério da Silva/Secom/Divulgação ND

Outra imagem do Rio Bonito, em Pirabeiraba. - Rogerio da Silva/Secom/Divulgação
3 6

Outra imagem do Rio Bonito, em Pirabeiraba. - Rogerio da Silva/Secom/Divulgação

Os níveis dos rios Cubatão (foto) e do Braço, na região Norte, baixaram. - Rogério da Silva/Secm/Divulgação ND
4 6

Os níveis dos rios Cubatão (foto) e do Braço, na região Norte, baixaram. - Rogério da Silva/Secm/Divulgação ND

Bairro Jativoca. A Defesa Civil, com base no monitoramento da maré, aponta o aumento do volume da água do rio Cachoeira por volta das 15 horas desta segunda-feira, com 2 metros. Na terça-feira (11/02) está prevista a elevação do nível da água também em 2 metros as 3 da madrugada e as 15 horas. O fenômeno pode causar alagamentos pontuais, com agravantes em casos de ocorrência simultânea de chuva.- Rogério da Silva/Secom/Divulgação ND
5 6

Bairro Jativoca. A Defesa Civil, com base no monitoramento da maré, aponta o aumento do volume da água do rio Cachoeira por volta das 15 horas desta segunda-feira, com 2 metros. Na terça-feira (11/02) está prevista a elevação do nível da água também em 2 metros as 3 da madrugada e as 15 horas. O fenômeno pode causar alagamentos pontuais, com agravantes em casos de ocorrência simultânea de chuva.- Rogério da Silva/Secom/Divulgação ND

A Defesa Civil de Joinville continua realizando o monitoramento da situação, dando prioridade para as áreas de riscos, onde podem ocorrer deslizamentos. Até o momento, um casal permanece desabrigado na Escola de Ensino Médio Governador Celso Ramos, no bairro Bucarein. - Rogério da Silva/Secom/Divulgação ND
6 6

A Defesa Civil de Joinville continua realizando o monitoramento da situação, dando prioridade para as áreas de riscos, onde podem ocorrer deslizamentos. Até o momento, um casal permanece desabrigado na Escola de Ensino Médio Governador Celso Ramos, no bairro Bucarein. - Rogério da Silva/Secom/Divulgação ND

+

Tempo