Mais de 79 mil casas seguem sem energia após 93 horas de passagem de tornado em SC

São 12 municípios com mais de 50% das unidades consumidoras afetadas pela falta de abastecimento de energia

A região de Videira, no Meio-Oeste catarinense, segue sem energia em 79.879 unidades consumidoras na noite desta terça-feira (1º), quase quatro dias após passagem de ciclone na região de Santa Catarina. 

Mapa mostra a situação do abastecimento elétrico em SC – Foto: Celesc/Reprodução/NDMapa mostra a situação do abastecimento elétrico em SC – Foto: Celesc/Reprodução/ND

Conforme o monitoramento da Celesc (Centrais Elétrica de Santa Catarina), 12 municípios apresentam mais de 50% das unidades no escuro.

Entre elas, Arroio Trinta e Caçador estão com todas as residências sem abastecimento. Assim como Pinheiro Preto está entre 30% e 50% da rede afetada.

Confira:

  • Caçador: 29.612
  • Videira: 17.080
  • Fraiburgo: 14.283
  • Lebon Régis: 4.333
  • Timbó Grande: 2.895
  • Rio das Antas: 2.735
  • Salto Veloso: 1.929
  • Arroio Trinta: 1.851
  • Iomere: 1.442
  • Calmon: 1.222
  • Matos Costa: 1.168
  • Macieira: 743
  • Pinheiro Preto: 517

Segundo a comunicação da Prefeitura de Caçador, o novo prazo estabelecido pela empresa responsável pela rede elétrica é reestabelecer a situação por volta das 00h desta quarta-feira (2).

Vice-prefeito de Caçador visita região onde está sendo arrumada as torres – Foto: PMC/Divulgação/NDVice-prefeito de Caçador visita região onde está sendo arrumada as torres – Foto: PMC/Divulgação/ND

Em nota, a Celesc informou que os reparos continuam sendo realizados nas torres de transmissão de energia de 230kV.

“Com o conserto das torres de transmissão, a partir de energização das linhas que partem da subestação Videira Rede Básica para as subestações da Celesc, de forma gradativa, será iniciado o plano de reenergização dos transformadores e redes de distribuição para os municípios. A subestação Caçador será a primeira a receber a carga, de forma a atender as cidades que estão sem energia há mais tempo”, completou a Celesc.

O vice-prefeito de Caçador, Alencar Mendes, esteve na manhã desta terça-feira (1º) na região onde as cinco torres de transmissão foram afetadas.

“O que nós verificamos no local foi que, no período da manhã os trabalhos já estavam bastante adiantados. Todas as cinco torres de emergência já estavam montadas e o içamento dos cabos de transmissão já estavam sendo iniciados”, salientou o vice-prefeito.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo