Neve pode voltar a cobrir Morro do Cambirela, em Palhoça, 8 anos após registro histórico

Há chance de que o fenômeno se repita na onda de frio que começa nesta quarta (27) em SC por conta da altitude no local; última vez que o morro registrou grande volume de neve foi em 2013

A massa polar que chega a Santa Catarina nesta quarta-feira (27) pode provocar queda de neve no Morro da Cambirela, em Palhoça, na Grande Florianópolis. A última vez que o local registrou o fenômeno foi em 2013, quando o morro ficou branquinho.

Neve pode atingir Morro do Cambirela, na Grande Florianópolis, após oito anosMoradores da Grande Florianópolis sonham em rever paisagem de 2013, quando o Morro do Cambirela ficou coberto por neve – Foto: Arquivo/Daniel Queiroz/ND

As chances existem, principalmente por conta da altitude maior que 1000 metros, mas a possibilidade é pequena, informa a Epagri/Ciram. “A neve no Morro do Cambirela não é rara, o problema é ver”, detalha o engenheiro agrônomo Ronaldo Coutinho.

“Aquelas neves que duram de cinco a dez minutos até devem ocorrer eventualmente, mas como não há ninguém e nenhuma forma de registro, é difícil visualizar. Eu vi em 1984, mas logo se desmanchou”, contou Coutinho ao Balanço Geral.

Foi em 23 de julho de 2013 que grandes quantidades de neve caíram no Morro do Cambirela pela última vez, cobrindo arvores, ruas e carros. O fenômeno atraiu turistas que passavam pelo Estado. Antes dessa, a última grande nevada no Morro do Cambirela foi registrada em julho de 1942.

Relembre nevada de 2013

Nevada no Morro do Cambirela, em 2013, atraiu turistas para a Grande Florianópolis - Piero Ragazzi/ND
1 6
Nevada no Morro do Cambirela, em 2013, atraiu turistas para a Grande Florianópolis - Piero Ragazzi/ND
Foi a última vez que fenômeno foi registrado - Daniel Queiroz/ND
2 6
Foi a última vez que fenômeno foi registrado - Daniel Queiroz/ND
Moradores se depararam com o topo do Morro do Cambirela branquinha - Arquivo/Piero Ragazzi/ND
3 6
Moradores se depararam com o topo do Morro do Cambirela branquinha - Arquivo/Piero Ragazzi/ND
Espetáculo surpreendeu crianças, pais e visitantes - Arquivo/Piero Ragazzi/ND
4 6
Espetáculo surpreendeu crianças, pais e visitantes - Arquivo/Piero Ragazzi/ND
De longe era possível perceber o topo do morro branquinho. O fenômeno costuma ser lembrado no dia 23 de julho de cada ano - Arquivo/Piero Ragazzi/ND
5 6
De longe era possível perceber o topo do morro branquinho. O fenômeno costuma ser lembrado no dia 23 de julho de cada ano - Arquivo/Piero Ragazzi/ND
Antes dessa nevada, queda de neve em grandes proporções foi registrada em 1942 - Arquivo/Daniel Queiroz/ND
6 6
Antes dessa nevada, queda de neve em grandes proporções foi registrada em 1942 - Arquivo/Daniel Queiroz/ND

Previsões atualizadas

As previsões da Defesa Civil de Santa Catarina, atualizadas na manhã desta terça-feira, indicam mínimas entre 0ºC e 4ºC em toda Grande Florianópolis.

O frio mais intenso está previsto para a Serra, onde as mínimas devem chegar a -9ºC. Temperaturas negativas também podem ser registradas no Meio-oeste catarinense (previsão é que mínimas variem de -5 ºC a -2ºC), Alto Vale do Itajaí e Grande Florianópolis Serrana (de -4ºC a -1ºC).

Confira abaixo as mínimas previstas, por região:

  • Planaltos: mínimas variam de -9ºC -e -3°C;
  • Meio-Oeste: -5 ºC a -2ºC;
  • Grande Florianópolis Serrana e Alto Vale do Itajaí: -4ºC a -1ºC;
  • Médio Vale do Itajaí e Litoral Sul: -2ºC a 4ºC;
  • Demais áreas litorâneas: 0°C e 4°C;

Frio segue até sábado

O frio que começou nesta terça-feira (27) intenso permanecerá em Santa Catarina até sábado (31). O Estado é atingido primeiro por uma frente fria, que traz o cenário ideal para a ocorrência de neve. Em seguida, Santa Catarina será atingida por uma massa polar. O frio mais intenso ocorrerá entre quinta e sexta-feira.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo

Loading...