Cacau Menezes

Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo


O bicho passou, mas fez altos estragos, causando desespero

Ciclone causa medo e pânico

Bar em Santo Antônio – Foto: Divulgação


  1. O que eu vi por volta de  16h10min em Jurerê foi de assustar qualquer valentão. Cinco minutos de pavor, imaginando  a hora que eu iria voar com meu carro. Rodovia Maurício Sirotsky Sobrinho parou. Escureceu tudo, ventos superiores aos 100 km com  chuvas fortes.  Sem visibilidade, motoristas parando seus carros até na contramão. Muita sorte não ter acontecido vários acidentes. Residências sem luz e internet, janelas quebrando, árvores caídas e fios de luz ,e telhas voando, cenas de cinema.  Ciclone passou levando tudo que via pela frente.
    Para variar, estamos sem luz, não só aqui, mas em todos os lugares  por onde o bicho raivoso passou.