Onda de frio: Como fica a temperatura em Joinville e em cidades da região

Pelo menos sete cidades da região Norte vão ficar abaixo de zero; municípios mobilizam ações para acolher moradores de rua

Preparem os casacos e a lenha. Já nesta terça-feira, dia 26, a entrada de uma intensa massa de ar frio deve derrubar as temperaturas em Santa Catarina, alertam os meteorologistas do Estado.

geada em campo alegreGeada em Campo Alegre, no Planalto Norte catarinense- Foto: Elvis Hamann/Divulgação ND

Já no amanhecer de quarta-feira (28), o Planalto Norte deve começar a registrar temperaturas negativas. Há previsão de temperatura mínima abaixo de zero em pelo menos seis cidades da região. Em Joinville, a temperatura deve ficar próximas de 4°C, segundo a meteorologista Francine Sacco, da Defesa Civil.

A quinta-feira deve ser de frio ainda mais intenso no Estado, com mínima de 1°C em Joinville e entre -7 °C e -5°C em cidades do Planalto.

Em Itaiópolis e Canoinhas, por exemplo, a mínima prevista são gelados -7 °C.  A máxima em todo o Norte não deve passar de 16°C, prevista para Itapoá.

A Ciram/Epagri também alertou que temperatura deve baixar no período da noite de quarta-feira e será ainda mais baixa na quinta e sexta.

Confira as temperaturas máximas e mínimas:

Cidades mobilizadas contra o frio

As cidades do Norte do Estado estão se preparando para a onda extrema de frio. Em Joinville, foi instituído um Grupo de Trabalho para reforçar a ação de inverno, já implementada na cidade.

O Ginásio Abel Schulz, no Centro da cidade, será utilizado como Abrigo Emergencial entre terça-feira (27) e domingo (1º), das 18h às 8h. No local, a população em situação de rua poderá pernoitar e receberá jantar e café da manhã. Além disso, estarão disponíveis colchões e cobertores para acomodar as pessoas que procurarem o abrigo.

Não será necessário nenhum tipo de cadastro ou aviso prévio para acessar o serviço. Equipes também irão percorrer as regiões onde geralmente ficam as pessoas em situação de rua para orientar sobre a utilização do Abrigo Emergencial.

O ginásio também funcionará como ponto de coleta para doações de colchões, cobertores e roupas, que serão recebidas a partir das 8h desta terça-feira.

São Bento do Sul

Colchões e cobertas estão à disposição da população vulnerável – Foto: Prefeitura de São Bento do Sul/Divulgação NDColchões e cobertas estão à disposição da população vulnerável – Foto: Prefeitura de São Bento do Sul/Divulgação ND

A Secretaria de Assistência Social de São Bento do Sul tem preparado um espaço específico para ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade que não possuem um local para passar a noite. A Defesa Civil também estará em alerta para prestar auxílio.

O espaço fica localizado no antigo CAFI – Centro de Apoio e Formação Infanto Juvenil, na Vila 1° de Maio, e está disponível desde o mês de maio deste ano, atendendo em média 6 pessoas por dia.

Segundo o secretário de Assistência Social, Gilmar Pollum, quem necessitar poderá pernoitar, tomar banho e lanchar no local. “Haverá acompanhamento técnico através de Assistente Social aos usuários e possíveis familiares. Além disso, caso alguém encontre alguma pessoa que precise de local para pernoitar basta entrar contato pelo telefone 3633-7041 ou pelo plantão 98496-1038”, explicou Pollum.

O abrigo atende das 18h às 9 horas da manhã do dia seguinte e são fornecidos lanches, cobertores, colchões e banho no local.

Jaraguá do Sul

Com base no Aviso Meteorológico emitido pela Defesa Civil Estadual, alertando para o declínio acentuado das temperaturas e onde de frio intensa a partir desta terça-feira (27), a Prefeitura de Jaraguá do Sul, montou, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, um Plano de Atendimento à População em Situação de Rua.

As ações iniciam nesta terça-feira (27), com orientações e sensibilização às pessoas em situação de rua, com as equipes da Assistência Social, Saúde, Defesa Civil, Bombeiros Voluntários e Polícia Militar. Conforme o secretário de Assistência Social, André de Carvalho Ferreira, a Casa de Passagem está organizada e preparada para atender a demanda.

O Plano de Ação estabelece que as equipes atuarão 24 horas a partir desta terça-feira (27) até a próxima segunda-feira (1). O Serviço Especializado em Abordagem Social pode ser acionado pelos telefones: 99930-1247 e 3275-8750.

Na última onde de frio, registrada entre o fim do mês de junho e começo de julho, as equipes da Secretaria de Assistência Social realizaram 179 atendimentos, inclusive, com busca ativa de pessoas em situação de rua.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, a Epagri/Ciram e o Instituto MetSul, entre os dias 28 e 31 de julho, as temperaturas mínimas em Jaraguá do Sul devem ser entre 1ºC e 6ºC.

Guaramirim

GUARAMIRIM – Social informa sobre acolhimento para pessoas em situação de rua ou vulnerabilidade

​​​​​Pessoas poderão ser acolhidas na entidade Fome de Amor nos dias de frio

A previsão de frio intenso coloca a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação de Guaramirim em alerta e a equipe coloca em prática o plano para acolhimento de pessoas em situação de rua e/ou em vulnerabilidade. As pessoas nessa situação podem ser encaminhadas para o projeto Fome de Amor.

Segundo a secretária Neuci Delai, o município conta com a parceria da Organização Não-Governamental (ONG) para abrigar as pessoas necessitadas e/ou em situação de rua.

Quem precisar de acolhimento pode ligar no (47) 9 9995-5258 ou ir até o Fome de Amor localizado na rua Natal Deretti, bairro Nova Esperança.

De acordo com a previsão da Defesa Civil do Estado, a partir de terça-feira (27) a previsão é de declínio acentuado de temperatura, frio intenso e onda de frio. A orientação é para que todos fiquem em locais abrigados e agasalhados.

Quem quiser também pode contribuir com doações de roupas (infantil e adulto) e cobertores para a Campanha do Agasalho de Guaramirim. As doações podem ser entregues no Fome de Amor, Ação Social, Primeira Igreja Batista de Guaramirim ou nos parceiros do Rotaract de Guaramirim. Os itens arrecadados são repassados para famílias em situação de vulnerabilidade.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo

Loading...