Saiba o que explica ‘frio fora de época’ em SC e quando o tempo deve melhorar

Defesa Civil chegou a emitir alerta na sexta-feira (8) para temporais, vento forte e até granizo

Os últimos dias têm sido de tempo nublado, chuva e temperaturas mais baixas. Esse “frio fora de época” na primeira quinzena de outubro tem afetado todo o estado de Santa Catarina e chamado a atenção. A Defesa Civil chegou até a emitir um alerta para temporais, ventania e até granizo para algumas regiões.

Mas, segundo o meteorologista da Epagri/Ciram, Piter Scheuer, esse clima mais ameno é normal para essa época do ano, causado pelo fenômeno La Niña.

O que explica ‘frio fora de época’ em SC e quando o tempo deve melhorar – Foto: Carlos Júnior/Divulgação NDO que explica ‘frio fora de época’ em SC e quando o tempo deve melhorar – Foto: Carlos Júnior/Divulgação ND

A presença de áreas de instabilidade, associadas a um sistema de alta pressão, causa a queda das temperaturas e áreas de chuva e até de granizo. O sistema faz com que mais nuvens se acumulem no céu e façam com que chova mais.

Mas, segundo o meteorologista, isso é normal para essa época do ano, com máximas em torno dos 22 °C e mínimas por volta dos 17 °C, exceto na Serra, onde as mínimas podem chegar a 7 °C.

A presença do La Niña é normal, e causa momentos mais frio e de mais calor, numa “tentativa” da atmosfera de equilibrar o clima. Isso é típico da primavera, conforme Scheuer.

Quando o clima deve esquentar?

Depois de uma massa de ar frio vem uma massa de ar quente. A previsão é que tempo esquente mais na segunda quinzena de outubro, que também deve ser mais seca. A frequência da chuva deve diminuir gradativamente até novembro.

A característica dos meses de novembro e dezembro deve ser de chuvas abaixo da média.

Alerta da Defesa Civil

O La Niña trouxe um alerta de chuva intensa para esse feriado. A Defesa Civil de SC monitora quatro regiões do Estado que estão em observação para o registro de ocorrências associadas a temporais e chuva volumosa neste sábado (9).

Além da chuva volumosa em curto período de tempo, o fenômeno pode vir acompanhado de raios, rajadas de vento e eventual queda de granizo, aponta a Defesa Civil. A influência de uma área de baixa pressão que se associa ao fluxo de claro e umidade vindo da Amazônia favorece a ocorrência dos fenômenos.

O órgão emitiu alerta informando que todo o Oeste de SC, Planalto Norte e partes da Serra e do Vale do Itajaí estão em observação para as ocorrências associadas aos fenômenos, como alagamento e inundações. O alerta compreende todo o período entre às 12h desta sexta e sábado.

O Sul de Santa Catarina é a única região onde a chance é nula. Para as demais regiões, incluindo também os municípios da Grande Florianópolis, o risco é baixo.

+

Tempo

Loading...