Santa Catarina terá nova onda de ventos fortes nesta quarta-feira

Novo vendaval, com rajadas que podem superar 100 km/h, está previsto para atingir, principalmente, a faixa Centro-Leste e o Litoral do Estado

A Defesa Civil emitiu um alerta sobre a nova onda de ventos fortes que devem atingir Santa Catarina nesta quarta-feira (1º). O vendaval pode ser registrado entre 9h e 12h, principalmente, na faixa Centro-Leste e Litoral do Estado. Dos Planaltos ao Litoral as rajadas de vento podem superar os 100 km/h.

Ventos fortes atingiram a região de Coqueiros, em Florianópolis, nesta terça-feira – Foto: Juliano Zanotteli/ND

A terça-feira (30) foi marcada pela atuação do ciclone extratropical e a passagem de uma frente fria pela região Sul do Brasil. Em Santa Catarina, a combinação desses sistemas ocasionou temporais isolados e rajadas de ventos fortes. O temporal já provocou ao menos oito mortes até as 7h30 desta quarta-feira.

Leia também:

Além dos ventos fortes, o mês de julho começa com chance de chuvisco isolado em áreas do Litoral Sul e Planalto Sul. Nas demais áreas do Estado, o dia é de céu nublado. Conforme o meteorologista da Epagri/Ciram Marcelo Martins, os ventos tendem a se dissipar na parte da tarde.

A condição é de mar muito agitado com risco de ressaca entre o Litoral Sul e a Grande Florianópolis, devido à presença do ciclone extratropical no oceano. As ondas são de Sudeste a Sul, com alturas que variam de três a quatro metros.

Massa de ar frio

Destaca-se também o início de uma onda de frio no Estado a partir desta quarta-feira. O dia começou com temperaturas baixas e sensação de frio em grande parte do Estado. As mínimas variaram de 0°C a 5°C nos Planaltos e na região Oeste.

Na parte da tarde, as temperaturas seguem baixas no Centro-Oeste, enquanto no Litoral ficam amenas. As máximas variam de 18°C a 20°C no Litoral e Vale do Itajaí.

No Planalto Sul há temperaturas baixas podendo chegar perto de 7°C à tarde. No Oeste, as máximas na parte da tarde não passam dos 12°C. Na quinta-feira (2) e sexta-feira (3), a nebulosidade diminui gradativamente e o sol volta a aparecer.

+

Tempo