Sobe para 42 o número de municípios em emergência pelas chuvas em SC; governo anuncia recursos

Cidades em situação de emergência devem enviar plano de trabalho ao governo estadual para solicitar apoio financeiro por causa das chuvas

Subiu para 42 o número de municípios em situação de emergência em Santa Catarina por causa das chuvas que ocorreram na última semana. Foram 129 localidades com registros de ocorrências como inundações, alagamentos e deslizamentos. As tempestades deixaram ainda três mortos, 9.852 desalojados e 869 desabrigados.

Governador anuncia medidas diante das fortes chuvas dos últimos dias. – Foto: Flavio Tin/Arquivo/NDGovernador anuncia medidas diante das fortes chuvas dos últimos dias. – Foto: Flavio Tin/Arquivo/ND

As informações foram divulgadas nesta terça-feira (10) pelo relatório informativo nº 014.2022, elaborado pelo Grupo de Ações Coordenadas da Defesa Civil. Desde o último relatório divulgado na segunda-feira (9), mais 14 municípios decretaram situação de emergência no Estado.

Planos de trabalho e recursos estaduais

Os municípios agora podem apresentar planos de trabalho para receber recursos do governo estadual. O anúncio da oferta de apoio aconteceu durante um encontro entre o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, os prefeitos das cidades atingidas e o secretário chefe da Defesa Civil, David Busarello.

“Nós tínhamos o alerta desse evento climático e, infelizmente, ele se confirmou, afetando os catarinenses em muitos municípios. Estamos acompanhando de perto a situação, agindo de maneira célere em pronta resposta, com a distribuição de itens de assistência humanitária e, agora, na construção de parcerias para efetivar o auxílio financeiro necessário para os planos de reconstrução”, disse Carlos Moisés.

O secretário David Busarello reforçou que a Defesa Civil está a disposição para auxiliar os municípios na elaboração dos planos de trabalho, que são requisitos obrigatórios para solicitar os recursos.

Com a ajuda financeira, o governo planeja auxiliar na reconstrução de imóveis para quem perdeu suas casas. Os terrenos serão novos, longe de áreas de risco e cedidos pelas prefeituras, com análise da Defesa Civil.

Outro plano é uma adaptação do Programa Recomeça SC, com disponibilização de recursos para pessoas que, comprovados pela Defesa Civil, perderam equipamentos produtivos atingidos por eventos climáticos.

Municípios em situação de emergência

Entre os municípios em situação de emergência estão: Agrolândia, Agronômica, Alfredo Wagner, Anitápolis, Araranguá, Armazém, Arroio Trinta, Bom Jardim da Serra, Braço do Norte, Brunópolis, Capivari de Baixo, Forquilhinha, Grão Pará e Gravatal.

Além deles, declararam emergência os municípios de Ibirama, Iomerê, Lages, Laurentino, Lauro Muller, Lebon Régis, Maracajá, Monte Carlo, Orleans, Pedras Grandes, Pescaria Brava, Pinheiro, Preto e Pouso.

Completam a lista os municípios de Redondo, Rio das Antas, Rio do Oeste, Rio do Sul, Rio Fortuna, Rio Rufino, Santa Rosa de Lima, São Bonifácio, São Joaquim, São Ludgero, São Marinho, Taió, Tangará, Tubarão, Urubici e Videira.

+

Tempo

Loading...