Tempestade Potira: Defesa Civil alerta para risco de ressaca e estragos nesta quinta

O sistema favorece a formação de ondas de até 4 metros em algumas áreas da costa de Santa Catarina

A Defesa Civil continua alertando para riscos de ressaca e mar agitado na costa catarinense, no decorrer desta quinta-feira (22). A tendência é decorrente de uma tempestade subtropical conhecida como “Potira”, que pode provocar estragos na costa.

Durante período de ressaca, maré causa estragos em casas siautadas no litoralEste é o décimo segundo evento de Potira já ocorrido na costa brasileira – Foto: Arquivo/Anderson Coelho/ND

O nome “Potira” foi dado pela Marinha do Brasil. É que, quando um ciclone tropical ou subtropical alcança a classificação de uma tempestade, ele é batizado a partir de uma lista pré-estabelecida pelo órgão. Este é o décimo segundo evento do tipo ocorrido na costa brasileira.

Segundo a Defesa Civil, o mar deve seguir “muito agitado”  até sábado (24), com ondas de até 4 metros em algumas áreas da costa de Santa Catarina. O tempo segue instável desde o início da semana.

Por causa da presença do ciclone subtropical no oceano, conforme o órgão, “há chance de ressaca, com risco moderado para desastres”.

Um boletim da Epagri/Ciram, divulgado nesta quarta-feira (21), antecipa que são esperadas rajadas de vento de 50km/h a 80km/h até sexta-feira (23). “Condição desfavorável para a navegação de pequenas e médias embarcações. Atenção para áreas próximas da costa e praias de SC devido ao alto risco de ressaca”, publicou o órgão.

Apesar do cenário de atenção, a Defesa Civil de Florianópolis não foi acionada para ocorrências relacionadas à tempestade Potira nas últimas horas. Na quarta, “choveu mais no Norte da Ilha, e houve registro de pequenos alagamentos a nível de rua, bem pontuais, no Rio Vermelho”, informou o diretor do órgão, Luiz Eduardo Machado. Os volumes, na região, chegaram a 49mm nas 24 horas anteriores às 8h desta quinta-feira.

Segundo o diretor, não houve estragos porque a Capital estava há “um bom período sem chuva, então o solo estava meio seco. Aguentou bem, sem problemas”, diz Machado.

Mudanças no tempo

A Potira deve seguir influenciando no tempo do Litoral catarinense até sábado (24). Diferente dos últimos dias, porém, há previsão de mais aberturas de sol a partir desta quinta-feira.

Aberturas de sol começam a aparecer, no Litoral, nesta quinta-feira (22) – Foto: Arquivo/Ricardo Wolffenbüttel/Secom/Divulgação/NDAberturas de sol começam a aparecer, no Litoral, nesta quinta-feira (22) – Foto: Arquivo/Ricardo Wolffenbüttel/Secom/Divulgação/ND

“Hoje a gente já tem – mesmo na faixa litorânea, que ainda pode ter alguma chuva – boas aberturas de sol, bem diferente da quarta-feira”, afirma a meteorologista da Epagri/Ciram, Gilsânia Cruz. A sexta-feira, de acordo com ela, vai ser de tempo aberto e temperatura em elevação em todo o Estado.

O sistema, no entanto, segue influenciando a agitação marítima.  “Hoje a gente ainda tem um pouco de circulação na faixa litorânea, uma certa variação de nuvens, uma chuvinha isolada – nada como ontem”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Tempo