Temporais provocam queda de árvores, deixam estradas alagadas e animais ‘ilhados’ em SC

Cavalos ficaram amarrados e sem locomoção em Palhoça, na Grande Florianópolis, onde choveu 142 mm nas últimas 12 horas

Os fortes temporais que atingem Santa Catarina provocaram queda de árvores, alagamentos em estradas e deixaram animais “ilhados” nesta terça-feira (12).

Volume da água em Palhoça é alto após temporais – Foto: Paulo Mueller/NDTVVolume da água em Palhoça é alto após temporais – Foto: Paulo Mueller/NDTV

A Grande Florianópolis é uma das regiões mais afetadas do Estado. Em Palhoça choveu 142 mm nas últimas 12 horas, segundo a Defesa Civil. No bairro Pedra Branca, na Avenida das Águias, dois cavalos estão “ilhados”, porque estão amarrados e sem condições de locomoção.

“Estão até a metade das pernas dentro d’água, amarrados, sem poder comer nem sair do lugar. Isso é uma judiação”, afirmou uma moradora.

Imagens mostram animais “ilhados”

Cavalos estão “ilhados” no bairro Pedra Branca, na Avenida das Águias, em Palhoça – Vídeo: Arquivo pessoal/ND

Palhoça tem deslizamentos pontuais no Bela Vista e alagamentos em ao menos cinco bairros: Centro, Caminho Novo, Ponte do Imaruim, Brejaru e Alto Ariru.

Centro de Palhoça está alagado na manhã desta terça-feira (12) – Vídeo: Paulo Mueller/NDTV

Ainda na Grande Florianópolis, Santo Amaro da Imperatriz e São José foram as cidades mais afetadas, onde choveu 118 mm e 106 mm, respectivamente, nas últimas 12 horas.

Palhoça é o município mais afetado na Grande Florianópolis pelas fortes chuvas – Foto: Defesa Civil/Divulgação/NDPalhoça é o município mais afetado na Grande Florianópolis pelas fortes chuvas – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

Na Capital, a chuva mais volumosa ocorreu no Continente, com 41 mm, mas a Defesa Civil municipal espera ainda 40 mm de chuva, que se desloca da Ilha para o mar. No Norte da Ilha, choveu 22 mm nas últimas seis horas, no Centro 23 mm e no Sul 33 mm, conforme monitoramento da Epagri/Ciram e Defesa Civil do Estado.

Interdições nas estradas

As chuvas intensas deixaram rodovias alagadas em Santa Catarina. Na BR-101, no sentido Norte do km 214, havia alagamentos que iniciaram volta das 6h20, assim como no sentido Sul, região dos bairros Passa Vinte e Caminho Novo, em Palhoça.

Temporais deixam Centro de Palhoça intrafegável nesta terça-feira (12) - Paulo Mueller/NDTV
1 6
Temporais deixam Centro de Palhoça intrafegável nesta terça-feira (12) - Paulo Mueller/NDTV
Volume da água em Palhoça é alto após temporais - Paulo Mueller/NDTV
2 6
Volume da água em Palhoça é alto após temporais - Paulo Mueller/NDTV
Defesa Civil municipal alerta para evitar trafegar por áreas alagadas - Paulo Mueller/NDTV
3 6
Defesa Civil municipal alerta para evitar trafegar por áreas alagadas - Paulo Mueller/NDTV
Choveu nas últimas horas na região a metade prevista para o todo o mês de outubro - Paulo Mueller/NDTV
4 6
Choveu nas últimas horas na região a metade prevista para o todo o mês de outubro - Paulo Mueller/NDTV
Principais bairros afetados em Palhoça são o Centro, Caminho Novo, Ponte Imaruim, Brejaru e Alto Ariru - Paulo Mueller/NDTV
5 6
Principais bairros afetados em Palhoça são o Centro, Caminho Novo, Ponte Imaruim, Brejaru e Alto Ariru - Paulo Mueller/NDTV
Palhoça amanhece com alagamentos neste terça-feira (12) - Paulo Mueller/NDTV
6 6
Palhoça amanhece com alagamentos neste terça-feira (12) - Paulo Mueller/NDTV

Ainda na BR-101, sentido Sul do km 215, há alagamentos que atrapalham o acesso à BR-282, em Palhoça. Segundo a Pista Limpa, o água chega à porta dos veículos. Uma opção mais segura é entrar no km 216, trefegando pelo bairro Aririu, para depois acessar a BR-282.

Estragos no Oeste

Em Seara, no Oeste, a chuva intensa e ventos fortes derrubaram árvores sobre a SC-283, no sentido Seara/Concórdia, e em algumas estradas próximas à Linha Três Fronteiras. Também ocorreu o destelhamento de casas, que obstruiu uma estrada para a Linha Dom Pedro.

Segundo o tenente Nunes do Corpo de Bombeiros Militar de Seara, foi necessário o corte de árvores e estruturas de metal.

Corpo de Bombeiros Militar de Seara atendeu diveras ocorrências na noite desta segunda-feira (11) - Divulgação/ND
1 3
Corpo de Bombeiros Militar de Seara atendeu diveras ocorrências na noite desta segunda-feira (11) - Divulgação/ND
Desobstrução de vias em Seara, Linha Três Fronteiras, nesta segunda-feira (11) - Divulgação/ND
2 3
Desobstrução de vias em Seara, Linha Três Fronteiras, nesta segunda-feira (11) - Divulgação/ND
Bombeiros cortaram árvores que impediam tráfego nas estradas em Seara, Oeste catarinense - Divulgação/ND
3 3
Bombeiros cortaram árvores que impediam tráfego nas estradas em Seara, Oeste catarinense - Divulgação/ND

“Também pediram lonas para a cobertura de casas que foram afetadas pelo temporal. O Corpo de Bombeiros orienta que as pessoas não subam nos telhados para fazer os reparos enquanto tempo estiver chuvoso e úmido”, alerta o tenente.

Deslizamento no Sul provoca acidente

Um deslizamento provocou uma queda de barreira em Imbituba, no Sul catarinense, na manhã desta terça, na BR-101, km 271, sentido Sul.

No acidente, dois caminhões caíram no canteiro central e outro carro também foi atingido. A concessionária, por volta das 9h20, já realizada a limpeza da via.

Um deslizamento provocou uma queda de barreira em Imbituba, no Sul catarinense, na manhã desta terça – Vídeo: Divulgação/ND

Chuvas nas próximas horas

A Defesa Civil do Estado alerta para chuva persistente de moderada a forte, com alagamentos pontuais e risco de deslizamentos nas regiões do Litoral Norte, Litoral Sul, Grande Florianópolis e Baixo e Médio Vale do Itajaí nas próximas três horas. Para ocorrências, deve-se ligar para 199 ou 193.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo

Loading...