Temporal e ventos de até 70 km/h antecipam onda de frio histórico em SC; veja regiões

Condição deixa mar agitado e com risco de ressaca no Litoral do Estado; temperaturas mínimas podem chegar a -9°C

Ao lado da onda de frio intenso prevista para esta semana, a Defesa Civil de Santa Catarina alerta para temporal com raios e ventania já nesta terça-feira (27). As rajadas de vento sul podem chegar aos 70 km/h no oceano. Na costa, variam de 50 a 60 km/h.

Terça-feira será marcada por temporal com raios e ventania em SC – Foto: Arquivo/Flávio Tin/NDTerça-feira será marcada por temporal com raios e ventania em SC – Foto: Arquivo/Flávio Tin/ND

Os temporais atingem as regiões do Planalto Norte, Litoral Norte, Grande Florianópolis, Baixo, Médio e Alto Vale do Itajaí. A condição deixa o mar agitado e com risco de ressaca no Litoral catarinense.

Baixas temperaturas

O avanço de uma intensa massa de ar frio provoca um declínio acentuado das temperaturas no Estado no decorrer desta terça. O sistema segue atuando em SC até sábado (31), o que configura uma onda de frio.

As temperaturas mínimas previstas para esse período são:

  • -9°C a -3°C nos Planaltos
  • -5°C a -2°C na região Oeste
  • -4°C a -1°C no Alto Vale, Grande Florianópolis e Serra
  • -2°C a 4°C no Médio Vale do Itajaí e Litoral Sul
  • 0°C a 4°C, nas demais áreas litorâneas

Há risco de congelamento de pista nas regiões mais altas do Planalto Sul e Meio-Oeste, entre a noite de terça e madrugada de quarta-feira (28), bem como chance de chuva congelada e neve.

Até sábado, geadas amplas devem ser registradas em todas as regiões catarinenses. O amanhecer de frio mais intenso deve ocorrer na quinta-feira (29) e na sexta-feira (30). Conforme a Defesa Civil estadual, as tardes também devem ser bastante frias.

Alagamentos costeiros

A agitação marítima vai provocar ondas de 2,5 metros a 3,5 metros, com picos de até 4 metros no Litoral Sul e na Grande Florianópolis. No Litoral Norte, as ondas variam de 2 a 2,5 m, com picos de até 3 metros.

A maior agitação marítima deve ocorrer entre quarta e quinta. Nesses dias, há condições para alagamentos costeiros entre as regiões da Grande Florianópolis e Litoral Norte.

Isso ocorre por conta da maré alta, dos ventos persistentes que sopram do sul após a passagem de uma frente fria e da agitação marítima causada por um ciclone extratropical no oceano. O risco é moderado para alagamentos costeiros nas localidades indicadas em amarelo no mapa abaixo.

Alagamentos costeiros – Foto: Defesa Civil de SC/Divulgação/NDAlagamentos costeiros – Foto: Defesa Civil de SC/Divulgação/ND
+

Tempo

Loading...