Veja as áreas da Grande Florianópolis onde mais caíram raios na madrugada desta terça

Dados disponibilizados pela plataforma Earthnetworks e pela Defesa Civil de SC contabilizaram quase duas mil descargas elétricas na região; veja a distribuição

Quase dois mil raios caíram na Grande Florianópolis durante a noite desta segunda-feira (8) e madrugada de terça (9). Os dados foram colhidos na plataforma Earth Networks, que fornece dados globais sobre descargas atmosféricas.

1834 raios caíram na Grande Florianópolis na madrugada, segundo dados da Defesa CivilChances de um raio atingir uma pessoa são pequenas, mas podem causar lesões graves ou fatais, alerta a Defesa Civil – Foto: Arquivo/Pixy/Divulgação/ND

As informações também foram computadas pela Defesa Civil de Santa Catarina, através da Coordenadoria de Monitoramento e Alerta. Os 1.834 raios registrados caíram em um raio de 30 quilômetros a partir de Florianópolis, durante as tempestades.

Apesar de o número surpreender, é comum quando há baixa pressão e tempestade. “É um quantitativo que está dentro da média pelo tipo de temporal que foi. Já houve casos de mais raios, mas como foi localizado na área urbana acaba por chamar mais a atenção”, explica o meteorologista Murilo Fretta José, da Defesa Civil.

O mapa abaixo mostra a distribuição dos raios entre às 23h30 minutos de segunda e os primeiros minutos de terça. As descargas elétricas estão mais concentradas nos municípios próximos a Capital catarinense.

Raios que caíram nesta madrugada, entre às 23h30 e 00h – Foto: Defesa Civil de Santa Catarina/Divulgação/NDRaios que caíram nesta madrugada, entre às 23h30 e 00h – Foto: Defesa Civil de Santa Catarina/Divulgação/ND
Durante a madrugada, concentração maior de raios que no oceano – Foto: Defesa Civil de Santa Catarina/Divulgação/NDDurante a madrugada, concentração maior de raios que no oceano – Foto: Defesa Civil de Santa Catarina/Divulgação/ND

Já o segundo mapa registra os raios que caíram entre as 00h30 e as 1h desta terça-feira. Desta vez é possível perceber uma concentração maior de raios no oceano e no Norte da região. Confira a imagem ao lado.

Perigos

Conforme a Defesa Civil, as chances de um raio atingir uma pessoa são pequenas, mas, caso ocorra, pode causar lesões graves ou fatais. As mortes e ferimentos também podem ser causados por efeitos indiretos, como a queda de um raio próximo ao local onde a vítima esteja.

Caso a vítima esteja desacordada em função de uma descarga elétrica a orientação é acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros através do telefone 193 ou o Serviço Móvel de Urgência (SAMU) pelo número 193.

Novos temporais

O risco de temporais isolados, do Planalto ao Litoral, permanece durante toda a terça-feira (9). O alerta, emitido pela Defesa Civil do Estado, é justificado pela presença de uma área de baixa pressão associada a aquecimento e umidade.

Os volumes de chuva, segundo o boletim, podem ser altos em períodos curtos de tempo. Descargas elétricas, queda de granizo e rajadas de vento também podem ocorrer, sobretudo nas áreas em laranja no mapa, onde o risco de ocorrências como deslizamentos, alagamentos e enxurradas também é maior.

Mais cedo, por volta das 6h desta terça-feira, a Defesa Civil havia emitido um alerta para deslizamentos na Grande Florianópolis e município de Itapema, Porto Belo e Bombinhas.

Cuidados durante tempestades com raios

Deve-se evitar atividades externas, como soltar pipas ou carregar objetos como canos e varas de pesca, andar de bicicleta, carros conversíveis, motocicleta ou a cavalo.

Durante as tempestades

  • Evite lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção como pequenas construções, tendas e barracos.
  • Evite estruturas altas ou metálicas como torres de linhas telefônicas e de energia elétrica.
  • Não se aproxime de cercas de arame, varais metálicos, linhas férreas e outras estruturas metálicas.
  • Não permaneça em áreas abertas como campos de futebol, praias, quadras esportivas e estacionamentos.
  • Não permaneça no topo de morros ou prédios.
  • Não busque abrigo abaixo de árvores.

Em casa

  • Evite utilizar equipamentos e eletrodomésticos que estejam ligados à rede elétrica, como o celular carregando.
  • Evite utilizar o telefone com fio, sem fio pode ser utilizado
  • Não fique próximo a tomadas, canos, janelas e portas metálicas

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo

Loading...