Veja quais cidades podem ser atingidas pela neve e geada negra em SC

Fenômeno não é considerado comum e necessita de atenção com a lavoura, principalmente nas regiões do Oeste; termômetros poderão registrar mínimas entre -12°C e -10°C na quinta-feira

A onda de frio intenso vem se aproximando de Santa Catarina nesta terça-feira (27), onde cidades do Litoral do Rio Grande do Sul começam a registrar queda de neve. No entanto, especialistas já alertam a para a possibilidade do fenômeno a partir desta quarta-feira (28), em municípios catarinenses.

Campo com geada em São JoaquimSão Joaquim (foto) é um dos municípios que podem registrar queda de neve na noite desta quarta-feira (28) – Foto: Felipe Bottamedi/ND

A neve desta terça foi registrada no início da manhã no interior de Canguaçu, cerca de 56 quilômetros de Pelotas, durante a passagem de nuvens com instabilidade pela região.

Conforme o meteorologista Piter Scheuer, a única possibilidade de registro de neve ou geada em Santa Catarina, nesta terça-feira (27), será na Serra Catarinense, mas extremamente isolado.

Por outro lado, municípios como Gramado, São José dos Ausentes e Bom Jesus, na Serra do Rio Grande do Sul, poderão anotar o fenômeno durante a noite.

“A tendência do ar polar, causador do frio intenso, é que esteja presente de quarta-feira (28) até o sábado (31). Porém, o pico do frio será na sexta-feira (30), com temperaturas mínimas entre -10°C e -12°C no topo da serra. Assim como existe a chance de geada em Florianópolis, por exemplo, nos bairros de Santa Mônica e Itacorubi”, destaca Piter Scheuer.

Cidades com possibilidade de neve nesta quarta-feira (28)

  • Água Doce (isolada);
  • Bom Jardim da Serra;
  • Curitibanos;
  • Faxinal dos Guedes (isolada);
  • Fraiburgo (isolada);
  • Irani (isolada);
  • São Joaquim;
  • Urupema;
  • Urubici.

O meteorologista indica ainda algumas regiões de Lages, também na Serra Catarinense, que podem registrar chuva congelada na parte da noite. Assim como não está descartada queda de neve nos municípios do Planalto Sul e Planalto Norte, mas com possibilidade mais baixa.

Além disso, cidades do Oeste poderão registrar temperaturas entre -4 e -1°C no amanhecer desta quarta-feira (28), alerta Piter Scheuer.

Geada negra

De acordo com o meteorologista, a geada negra é “invisível” e danosa para as plantações, já que queima a seiva no interior das plantas e impede a sobrevivência da vegetação.

“É um fenômeno pouco comum, associado a ocorrência de ventos moderados a fortes e muito frio provocado pela chegada de fortes massas frias de origem polar. Quando ocorre, a vegetação fica escurecida, com aspecto de queimado. Você não percebe a geada e os termômetros podem marcar uns 2°C, mas, quando confere a plantação, está tudo queimado”, explica Piter Scheuer.

O fenômeno poderá acontecer ao longo da quarta e quinta-feira (29), principalmente nas regiões do Oeste, Meio-Oeste , Planalto Sul e Planalto Norte. Além disso, agricultores do Litoral que plantam frutas tropicais, por exemplo, bananas também devem ficar em alerta.

Confira as temperaturas por região para quarta-feira (28):

  • Litoral Norte:  7°C / 16°C;
  • Planalto Norte:  -2°C / 11°C;
  • Grande Florianópolis Litorânea: 6°C / 16°C;
  • Grande Florianópolis Serrana: -1°C /11°C;
  • Vale do Itajaí:  2°C / 14°C;
  • Litoral Sul: 3°C / 13°C;
  • Planalto Sul: -3°C / 5°C;
  • Meio-Oeste: -2°C / 6°C;
  • Oeste:  –3°C / 8°C;
  • Extremo-Oeste: -1°C / 11°C.
+

Tempo

Loading...