Vento Sul e maré astronômica devem provocar alagamentos e inundações em SC

Mar agitado deve provocar ondas com picos entre os 2,5 m e 3 m. Já o vento sul persistente terá rajadas de 70 km/h a 90 km/h

A combinação entre a maré astronômica e o forte vento sul acende o sinal de alerta para alagamentos e inundações costeiras no litoral de Santa Catarina. Segundo a Epagri/Ciram, o fenômeno deve ocorrer entre esta terça (21) e quarta-feira (22).

Já a previsão da Defesa Civil do Estado é de que o risco moderado siga até a noite de quinta-feira (23). O mar agitado deve provocar ondas com picos entre os 2,5 m e 3 m. Já o vento sul persistente terá rajadas de 70 km/h a 90 km/h. Também há previsão para raios e granizo, com exceção para a Grande Florianópolis e litoral Sul.

Mar pode provocar novas ressacas nas praias do Sul da Ilha – Foto: Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/NDMar pode provocar novas ressacas nas praias do Sul da Ilha – Foto: Defesa Civil de Florianópolis/Divulgação/ND

O oceanógrafo Argeu Vanz, da Epagri/Ciram, destaca que pela influência da lua cheia, com a conhecida maré de sizígia, e o vento persistente do quadrante sul/sudeste aumentam o risco de inundações. “O fenômeno acontece por causa de um sistema de baixa pressão com centro afastado da costa, na altura do litoral de RS e pelo sistema de alta pressão sobre o Uruguai, mantendo forte gradiente no litoral do RS e SC”, anotou.

A condição deve estreitar as faixas de areia nas praias. Em Florianópolis, alagamentos e inundações são esperadas na Avenida Deputado Diomício Freitas, bairro Carianos; na SC-405 (Rodovia Francisco Magno Vieira), bairro Rio Tavares; na localidade do CentroSul, Centro; e nas praias do Sul da Ilha de Santa Catarina.

O fenômeno também deve provocar transtornos na Avenida Atlântica, em Balneário Camboriú; assim como em Barra Velha, Araranguá, Itajaí, Joinville, entre outras localidades costeiras, segundo a Epagri/Ciram.

O meteorologista Felipe Theodorovitz, da Defesa Civil do Estado, destaca também o ciclone extratropical no oceano que provoca a agitação marítima e contribui para o aumento da maré. “O risco é moderado para alagamentos costeiros no litoral catarinense. O risco é o mesmo para as ocorrências associadas às fortes rajadas de vento também em toda a costa de Santa Catarina”, alertou.

Já a meteorologista Gilsânia Cruz, da Epagri/Ciram, informou que o tempo deve permanecer nublado em todo o Estado, mas com a possibilidade de aberturas de sol. Com isso, não é descartada a ocorrência de pancadas isoladas de chuva, com chance de trovoadas e de granizo.

Previsão da maré – Foto: Reprodução/Defesa Civil de SC/NDPrevisão da maré – Foto: Reprodução/Defesa Civil de SC/ND
Previsão da maré – Foto: Reprodução/Defesa Civil de SC/NDPrevisão da maré – Foto: Reprodução/Defesa Civil de SC/ND
Previsão da maré – Foto: Reprodução/Defesa Civil/ND de SC/NDPrevisão da maré – Foto: Reprodução/Defesa Civil/ND de SC/ND
Previsão da maré – Foto: Reprodução/Defesa Civil de SC/NDPrevisão da maré – Foto: Reprodução/Defesa Civil de SC/ND

Frio no amanhecer de quarta (23)

Uma massa de ar seco chega ao Sul do Brasil e estabiliza o tempo na maior parte de SC. No amanhecer volta a fazer frio, com mínimas em torno dos 3°C na Serra, variando entre 12 e 15°C no  Litoral e entre 7 e 12°C nas demais regiões. À tarde as temperaturas máximas chegam aos 28°C no Oeste, variam entre 15 e 18°C no Planalto Sul e entre 18 e 21°C nas demais regiões.

Temperaturas nesta terça (21) – mínimas e máximas

Florianópolis: 15°C a 23°C

Criciúma: 14°C a 22°C

Joinville: 20°C a 24°C

Lages: 8°C a 17°C

Chapecó: 13°C a 22°C

Blumenau: 14°C a 23°C

Caçador: 10°C a 22°C

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tempo

Loading...