Virada no tempo: granizo e temporais atingem SC; veja cidades afetadas

Com alertas para a maior parte das regiões catarinenses, as condições do tempo devem perdurar até esta quarta-feira (29), com a elevação da temperatura associada às chuvas

A Defesa Civil de Santa Catarina vem emitindo alertas relacionados às condições do tempo no Estado desde a última segunda-feira (27), o que se confirmou durante a noite desta terça-feira (28).

Chuva registrada em São José, às 21h20 – Foto: Diogo Souza/NDChuva registrada em São José, às 21h20 – Foto: Diogo Souza/ND
Tabela com o número total de residências sem luz em Santa Catarina – Foto: CELESC/Divulgação/NDTabela com o número total de residências sem luz em Santa Catarina – Foto: CELESC/Divulgação/ND

A Celesc (Centrais Elétricas de Santa Catarina), através de seu portal online, chegou a registrar mais de 7 mil unidades consumidoras sem luz no Estado. O número foi reduzindo gradativamente, após as ocorrências de temporais.

Abaixo, no mapa de Santa Catarina, a região em vermelho, referente a Passos Maia, informa que 831 casas ficaram sem luz na região. Ao redor, em Faxinal dos Guedes, 234 residências não possuíam luz. Em Vargeão, esse chegou a 86, e em Xavantina, apenas um.

A situação mais complicada ficou em São Bento do Sul, com mais de 4,5 mil unidades sem energia, e em Rio do Sul e Concórdia, ambas com mais de 1 mil imóveis às escuras.

Em Santa Catarina, 0,22% da população que recebe fornecimento de energia pela CELESC, está sem luz – Foto: CELESC/Divulgação/NDEm Santa Catarina, 0,22% da população que recebe fornecimento de energia pela CELESC, está sem luz – Foto: CELESC/Divulgação/ND

Segundo o órgão, algumas ocorrências relacionadas aos temporais já previstos anteriormente tiveram início às 19h. No bairro Kobrasol, em São José, as fortes pancadas de chuva começaram por volta de 21h.

Queda de granizo

Em Massaranduba, no Norte do Estado, uma chuva de granizo, já esperada pelos cidadãos locais, foi registrada por um dos moradores da cidade. As pedras começaram a cair por volta das 18h no local. De acordo com o morador, os bairros Patrimônio e Guarani-Mirim também registraram o fenômeno.

Alertas pelo Estado

A população do município de Botuverá, localizado no Vale do Itajaí, deve ficar atenta para riscos de deslizamento na região, devido às fortes chuvas no local.

Defesa Civil alerta para deslizamento na região em amarelo do mapa, especialmente em Botuverá – Foto: Defesa Civil/Divulgação/NDDefesa Civil alerta para deslizamento na região em amarelo do mapa, especialmente em Botuverá – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

Os municípios de Blumenau, Brusque, Camboriú, Canelinha, Gaspar, Guabiruba, Itajaí, Nova Trento, São João Batista e Tijucas devem redobrar os cuidados, devido às intensas descargas elétricas e rajadas de vento nas cidades.

Defesa Civil alerta também para riscos de granizo e alagamentos na região – Foto: Defesa Civil/Divulgação/NDDefesa Civil alerta também para riscos de granizo e alagamentos na região – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

Granizo e alagamentos também podem ser observados nos municípios de Abelardo Luz, Arabutã, Concórdia, Faxinal dos Guedes, Ipumirim, Irani, Lindóia do Sul, Ouro Verde, Passos Maia, Ponte Serrada, Seara, Vargeão, Xanxerê e Xavantina.

A Defesa Civil relembra para os principais cuidados nessas situações: ficar longe de janelas e aparelhos eletrônicos, buscar local abrigado, fora da chuva e não dirigir em locais inundados.

Municípios do Meio-Oeste catarinense também devem tomar cuidado com os temporais – Foto: Defesa Civil/Divulgação/NDMunicípios do Meio-Oeste catarinense também devem tomar cuidado com os temporais – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

Os municípios localizados na parte Litorânea do Estado terão temporais isolados com raios e rajadas de vento, associadas às chuvas, por pelo menos quatro horas, segundo a Defesa Civil.

Região Litorânea catarinense deve se preparar para o temporal que está chegando próximo às cidades indicadas no mapa – Foto: Defesa Civil/Divulgação/NDRegião Litorânea catarinense deve se preparar para o temporal que está chegando próximo às cidades indicadas no mapa – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

O Oeste catarinense, até às 23h30, também pode apresentar ocorrências relacionadas às más condições meteorológicas.

Municípios em amarelo no mapa devem ficar atentos para os temporais associados às descargas elétricas – Foto: Defesa Civil/Divulgação/NDMunicípios em amarelo no mapa devem ficar atentos para os temporais associados às descargas elétricas – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

Por fim, os municípios de Arroio Trinta, Catanduvas, Caçador, Irani, Jaborá, Joaçaba, Luzerna, Macieira, Passos Maia, Ponte Serrada, Salto Veloso, Treze Tílias, Vargem Bonita e Água Doce também devem redobrar as atenções.

Municípios em alerta laranja devem tomar cuidado com as más condições do tempo – Foto: Defesa Civil/Divulgação/NDMunicípios em alerta laranja devem tomar cuidado com as más condições do tempo – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

Tempo continua instável na quarta-feira

Nesta quarta-feira (29), a frente fria vinda com as chuvas se deslocará por Santa Catarina, mantendo o tempo instável. Temporais podem ser marcados em todas as regiões do Estado, em especial na madrugada e manhã.

No decorrer da tarde, as pancadas de chuva serão intercaladas com aberturas de sol, o que mantém as temperaturas altas.

Confira as temperaturas para esta quarta-feira (29):

  • Litoral Norte:  17°C / 25°C;
  • Planalto Norte:  15°C / 24°C;
  • Grande Florianópolis Litorânea: 17°C / 23°C;
  • Grande Florianópolis Serrana: 14°C / 22°C;
  • Vale do Itajaí: 16°C / 24°C;
  • Litoral Sul: 16°C / 22°C;
  • Planalto Sul: 12°C / 22°C;
  • Meio-Oeste: 14°C / 26°C;
  • Oeste: 14°C / 28°C;
  • Extremo-Oeste: 17°C / 28°C.
+

Tempo

Loading...