20 anos da conquista do bicampeonato de Roland Garros de Guga Kuerten

Segundo título de Roland Garros, dos três conquistados, por Guga Kuerten, completa 20 anos nesta quinta-feira (11). Dessa forma, o nd+ separou uma série de fotos para relembrar a vitória memorável do manezinho da Ilha, em Pariz, na França. Confira

A quinta-feira marca os 20 anos do bicampeonato do título de Roland Garros conquistado pelo catarinense Guga Kuerten - FFT/Divulgação/ND
1 10

A quinta-feira marca os 20 anos do bicampeonato do título de Roland Garros conquistado pelo catarinense Guga Kuerten - FFT/Divulgação/ND

Muitos se lembram da cena do brasileiro fazendo o coração na quadra após o primeiro título, em 1997 - Reprodução/YouTube/Roland Garros/ND
2 10

Muitos se lembram da cena do brasileiro fazendo o coração na quadra após o primeiro título, em 1997 - Reprodução/YouTube/Roland Garros/ND

No entanto, três anos depois, o brasileiro voltou a levantar o prêmio da competição francesa, onde Guga Kuerten passou por uma semana memorável no Torneio realizado em Paris - FFT/Divulgação/ND
3 10

No entanto, três anos depois, o brasileiro voltou a levantar o prêmio da competição francesa, onde Guga Kuerten passou por uma semana memorável no Torneio realizado em Paris - FFT/Divulgação/ND

Na primeira semana do Torneio, Guga demonstrou-se muito bem. Na partida de abertua, Guga varreu o sueco Andreas Vinciguerra por 3 sets 0 - Estadão Conteúdo/ND
4 10

Na primeira semana do Torneio, Guga demonstrou-se muito bem. Na partida de abertua, Guga varreu o sueco Andreas Vinciguerra por 3 sets 0 - Estadão Conteúdo/ND

O confronto das quartas do título de 1997, repetiu-se e Guga enfrentou o russo Yevgeny Kafelnikov. Assim como naquele ano, o manezinho começou vencendo, mas o russo logo virou. Porém, Guga retomou a confiança, passou na frente do marcador e ficou com a vaga para a final - Reprodução/Youtube/ND
5 10

O confronto das quartas do título de 1997, repetiu-se e Guga enfrentou o russo Yevgeny Kafelnikov. Assim como naquele ano, o manezinho começou vencendo, mas o russo logo virou. Porém, Guga retomou a confiança, passou na frente do marcador e ficou com a vaga para a final - Reprodução/Youtube/ND

A decisão da final não se tornou nenhuma surpresa. De um lado, Magnus Norman, campeão do Torneio de Roma, na Itália, realizado um mês antes, onde derrotou o brasileiro. Do outro, Guga Kuerten, vencedor do Torneio de Hamburgo, na Alemanha - Estadão Conteúdo/ND
6 10

A decisão da final não se tornou nenhuma surpresa. De um lado, Magnus Norman, campeão do Torneio de Roma, na Itália, realizado um mês antes, onde derrotou o brasileiro. Do outro, Guga Kuerten, vencedor do Torneio de Hamburgo, na Alemanha - Estadão Conteúdo/ND

No início, Guga levou a melhor vencendo os dois sets por 6/2 e 6/3 - Reprodução/YouTube/Roland Garros/ND
7 10

No início, Guga levou a melhor vencendo os dois sets por 6/2 e 6/3 - Reprodução/YouTube/Roland Garros/ND

Quando a vitória parecia encaminhada, o sueco Magnus Norman esboçou uma reação. Em certo ponto, chegou a liderar o quarto set por 4/2 - Reprodução/Youtube/ND
8 10

Quando a vitória parecia encaminhada, o sueco Magnus Norman esboçou uma reação. Em certo ponto, chegou a liderar o quarto set por 4/2 - Reprodução/Youtube/ND

Após mais de 50 minutos e 11 match points, prevaleceu a experiência de quem já conquistou um dos mais importantes torneios de tênis do mundo - Reprodução/Youtube/ND
9 10

Após mais de 50 minutos e 11 match points, prevaleceu a experiência de quem já conquistou um dos mais importantes torneios de tênis do mundo - Reprodução/Youtube/ND

O catarinense venceu o quarto set por 7/6 (6). Dessa forma, o título do seu campeonato preferido foi a coroação do ano em que o brasileiro iria finalizar como o número um do mundo - Estadão Conteúdo/ND
10 10

O catarinense venceu o quarto set por 7/6 (6). Dessa forma, o título do seu campeonato preferido foi a coroação do ano em que o brasileiro iria finalizar como o número um do mundo - Estadão Conteúdo/ND

+

Tênis