Aniversário do Guga: reveja 5 momentos marcantes do tenista

Um dos maiores ídolos do esporte brasileiro, Gustavo Kuerten completa 44 anos nesta quinta (10); confira alguns dos grandes momentos da carreira do catarinense

Gustavo Kuerten, o Guga, comemora 44 anos nesta quinta-feira (10). O tenista condecorado no Hall da Fama da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) conquistou um total de 22 títulos na carreira, sendo três Roland Garros. Em 2000, Guga chegou ao topo do ranking da ATP e foi considerado o número 1 do mundo no esporte. Relembre agora alguns dos momentos marcantes na carreira do catarinense de Florianópolis. – Foto: Anderson Coelho/ND
1 6

Gustavo Kuerten, o Guga, comemora 44 anos nesta quinta-feira (10). O tenista condecorado no Hall da Fama da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) conquistou um total de 22 títulos na carreira, sendo três Roland Garros. Em 2000, Guga chegou ao topo do ranking da ATP e foi considerado o número 1 do mundo no esporte. Relembre agora alguns dos momentos marcantes na carreira do catarinense de Florianópolis. – Foto: Anderson Coelho/ND

Roland Garros de 1997 – Aos 21 anos de idade, Guga venceu seu primeiro Roland Garros ao bater o espanhol Sergi Bruguera por 3 sets a 0 na final. O catarinense chegou a Paris como o número 66 do mundo, e virou a febre do torneio após vencer todos os adversários. – Foto: ERIC FEFERBERG/AFP
2 6

Roland Garros de 1997 – Aos 21 anos de idade, Guga venceu seu primeiro Roland Garros ao bater o espanhol Sergi Bruguera por 3 sets a 0 na final. O catarinense chegou a Paris como o número 66 do mundo, e virou a febre do torneio após vencer todos os adversários. – Foto: ERIC FEFERBERG/AFP

Segundo título do Roland Garros em 2000 – Há 20 anos, Gustavo Kuerten venceu pela segunda vez o Roland Garros. Na final, ele bateu o sueco Magnus Norman por 3 sets a 1 naquele que é considerado por ele um dos torneios mais difíceis de sua carreira. – Foto: FFT/Divulgação/ND
3 6

Segundo título do Roland Garros em 2000 – Há 20 anos, Gustavo Kuerten venceu pela segunda vez o Roland Garros. Na final, ele bateu o sueco Magnus Norman por 3 sets a 1 naquele que é considerado por ele um dos torneios mais difíceis de sua carreira. – Foto: FFT/Divulgação/ND

ATP Finals de 2000 e a chegada ao topo do ranking – Guga se tornou o melhor tenista do mundo ao conquistar o ATP Finals de 2000, em Lisboa. O tenista fez história ao ser o primeiro a vencer Pete Sampras e André Agassi no mesmo torneio. A vitória por 3 sets a 0 contra Agassi na final garantiu o lugar de número 1 do mundo para o catarinense.- Foto: Reprodução/Youtube
4 6

ATP Finals de 2000 e a chegada ao topo do ranking – Guga se tornou o melhor tenista do mundo ao conquistar o ATP Finals de 2000, em Lisboa. O tenista fez história ao ser o primeiro a vencer Pete Sampras e André Agassi no mesmo torneio. A vitória por 3 sets a 0 contra Agassi na final garantiu o lugar de número 1 do mundo para o catarinense.- Foto: Reprodução/Youtube

Roland Garros de 2001 – Um ano depois, Guga protagonizou uma das cenas mais icônicas do esporte após ser tricampeão do Roland Garros. Ao vencer de virada o espanhol Àlex Corretjia por 3 sets a 1, Guga desenhou um coração no saibro com a raquete e comemorou o terceiro título de Roland Garros de sua carreira. – Foto: Reprodução/YouTube/Roland Garros/ND
5 6

Roland Garros de 2001 – Um ano depois, Guga protagonizou uma das cenas mais icônicas do esporte após ser tricampeão do Roland Garros. Ao vencer de virada o espanhol Àlex Corretjia por 3 sets a 1, Guga desenhou um coração no saibro com a raquete e comemorou o terceiro título de Roland Garros de sua carreira. – Foto: Reprodução/YouTube/Roland Garros/ND

Despedida em 2008 – Aos 31 anos, Gustavo Kuerten se despediu das quadras no seu ambiente preferido: o Roland Garros. Debilitado por dores no quadril, o catarinense foi derrotado na primeira rodada do Grand Slam pelo francês Paul-Henri Mathieu. Logo após a partida, ele foi homenageado pelo presidente da Federação Francesa de Tênis e recebeu um troféu comemorativo.  – Foto: (Foto: Divulgação)
6 6

Despedida em 2008 – Aos 31 anos, Gustavo Kuerten se despediu das quadras no seu ambiente preferido: o Roland Garros. Debilitado por dores no quadril, o catarinense foi derrotado na primeira rodada do Grand Slam pelo francês Paul-Henri Mathieu. Logo após a partida, ele foi homenageado pelo presidente da Federação Francesa de Tênis e recebeu um troféu comemorativo.  – Foto: (Foto: Divulgação)