Halep quebra jejum contra Svitolina em Doha e volta a uma final após 6 meses

Simona Halep sofreu, mas venceu a ucraniana Elina Svitolina por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/4, nesta sexta-feira, e garantiu vaga na final do Torneio de Doha, encerrando um jejum de seis meses sem avançar a uma decisão no circuito profissional – ela disputou a última em 19 de agosto, quando, então como tenista número 1 do mundo, foi surpreendida pela holandesa Kiki Bertens na luta pelo título em Cincinnati, nos Estados Unidos.

Atual terceira colocada do ranking mundial e cabeça de chave número 1 da competição realizada em quadras duras no Catar, a romena precisou jogar 2h07min para despachar Svitolina, hoje a sétima jogadora da WTA.

Com o triunfo, Halep se credenciou para enfrentar na decisão deste sábado a belga Elise Mertens, 21ª colocada da WTA, que surpreendeu a alemã Angelique Kerber, a 6ª do ranking, na outra semifinal do dia. Ela também ganhou por 2 sets a 1, com 6/4, 2/6 e 6/1, para assegurar o seu lugar na briga pela taça.

Embora defendesse a condição de principal favorita em Doha, Halep vinha de três derrotas seguidas para Svitolina, sendo a última delas a sofrida na final do Torneio de Roma do ano passado, na Itália. E a ucraniana defendia um retrospecto de quatro vitórias em seis duelos entre as duas.

Entretanto, a romena encerrou o jejum contra a rival ao aproveitar quatro das nove chances que teve de quebrar o saque da sua oponente, que converteu três de oito break points. Assim, ela obteve a sua primeira vitória sobre a adversária desde quando a eliminou nas quartas de final do Grand Slam de Roland Garros, em 2017, ano em que foi batida pela jogadora da Ucrânia em três embates: um em outra decisão em Roma e depois em Toronto, no Canadá, e no WTA Finals, em Cingapura.

Já Mertens, de 23 anos, surpreendeu Kerber, de 31, neste que foi o primeiro duelo entre as duas no circuito profissional. A belga aproveitou três das quatro oportunidades que teve de quebrar o saque da alemã, que só converteu três de nove break points.

A final deste sábado marcará o terceiro duelo entre Mertens e Halep, que levou a melhor nos dois primeiros, ambos disputados no ano passado, em Roland Garros e em Madri, nas duas ocasiões em piso de saibro.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Tênis

Loading...