Blitz da Lei Seca aborda mais de 500 motoristas em 15 horas de operação em Florianópolis

Guarda Municipal de Florianópolis intensificou ações em bairros da Capital e autuou condutores alcoolizados na noite de sexta (30) e madrugada de sábado (31)

A GMF (Guarda Municipal de Florianópolis) segue com ações de conscientização e fiscalização de motoristas que ainda dirigem após consumir bebida alcoólica. Nesta semana, a equipe concentrou abordagens da blitz da Lei Seca em bairros da Capital e autuou 24 condutores embriagados.

Na noite desta sexta-feira (30) e madrugada de sábado (31), a ação foi realizada na avenida Governador Gustavo Richard, próximo ao acesso à ponte Colombo Salles.

Blitz Lei Seca foi realizada na Avenida Governador Gustavo Richard, próximo ao acesso à ponte Colombo Salles – GMF/Divulgação/NDBlitz Lei Seca foi realizada na Avenida Governador Gustavo Richard, próximo ao acesso à ponte Colombo Salles – GMF/Divulgação/ND

Segundo a GMF, a operação totalizou 15 horas de trabalho promovido por 42 agentes, no período de segunda-feira (26) à sexta. Foram abordados e submetidos a fiscalização de alcoolemia, com uso do bafômetro passivo, 568 condutores.

Leia também:

As ações desta semana se concentraram nos bairros Abraão, Santa Mônica e Capoeiras, abrangendo as regiões da Ilha e Continente. Os 24 motoristas flagrados sob efeito de álcool foram autuados em R$ 2.934,70 e terão o direito de dirigir suspenso por um ano, conforme o CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

Ainda segundo a GMF, um motorista foi preso e conduzido à delegacia, após registrar mais de 0,33 mg de álcool por litro de sangue no teste do etilômetro.

Guarda Municipal de Florianópolis abordou 568 motoristas nos principais bairros da Capital – GMF/Divulgação/NDGuarda Municipal de Florianópolis abordou 568 motoristas nos principais bairros da Capital – GMF/Divulgação/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Trânsito