Casal de acidente em que homem ficou pendurado em cabine viajava com ‘moto dos sonhos’

Sandra e Anderson Pereira foram atingidos por caminhoneiro na BR-101 em Penha, no Litoral catarinense; mulher está em estado gravíssimo

O que era para ser um passeio alegre acabou em tragédia para um casal de Camboriú, em Santa Catarina. Sandra e Anderson Pereira são as vítimas do acidente ocorrido no sábado (6) em Penha, quando um caminhoneiro arrastou a moto em que o casal estava por mais de 30 quilômetros com o homem pendurado na cabine do caminhão.

Anderson e Sandra voltavam de um passeio a Campo Alegre quando o acidente aconteceu – Foto: Redes sociais/NDAnderson e Sandra voltavam de um passeio a Campo Alegre quando o acidente aconteceu – Foto: Redes sociais/ND

A motocicleta era um sonho de Anderson, conquistado há cerca de dois meses. Felizes com a aquisição, ele e Sandra aproveitavam os finais de semana para passear em cidades da região.

No sábado, o destino foi Campo Alegre, no Planalto Norte, e tudo corria bem, até que, na volta para casa pela BR-101, ocorreu a colisão com o caminhão.

Após o acidente, Sandra, de 47 anos, caiu da moto e foi encaminhada em estado grave ao Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí.

Segundo o vereador de Camboriú Márcio Pereira, que é primo de Anderson, o quadro de saúde de Sandra é gravíssimo. “Ela está internada na UTI, teve lesões na face, quebra do maxilar, perfuração de pulmão, rim e baço, e quebrou o fêmur e a bacia”, disse.

Já Anderson, de 49 anos, que após o acidente conseguiu subir na cabine do caminhão e ficou pendurado até que o motorista parasse, foi levado ao Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú.

De acordo com Márcio, ele continua muito abalado, mas vai receber alta ainda na manhã deste domingo (7).

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o motorista do caminhão fez o teste do bafômetro, que não apontou uso de álcool. No entanto, ele foi encaminhado para a Polícia Civil de Balneário Camboriú por dirigir com a capacidade psicomotora alterada em razão de substância psicoativa.

A reportagem tentou contato, mas não confirmou, até a manhã deste domingo (7), se o homem continua detido.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Trânsito