Cerca de 30 mil passageiros circularam nos ônibus na retomada do serviço em Florianópolis

De acordo com o Secretário de Mobilidade, Michel Mittmann, neste primeiro dia foram realizadas cinco mil viagens

Nesta quarta-feira (17), primeiro dia da retomada do transporte coletivo municipal, em Florianópolis, cerca de 30 mil passageiros utilizaram o serviço, de acordo com informações da Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano. Os dados são referentes até às 18h30 desta quarta.

De acordo com o Secretário de Mobilidade, Michel Mittmann, neste primeiro dia foram realizadas cinco mil viagens, utilizados 320 veículos e 1.500 trabalhadores estiveram envolvidos.

O motorista Jeferson aguarda para iniciar nova viagem. Apenas três passageiros embarcaram no ônibus – Foto: Ian Sell/NDO motorista Jeferson aguarda para iniciar nova viagem. Apenas três passageiros embarcaram no ônibus – Foto: Ian Sell/ND

“Foram realizadas somente cinco partidas extras de um potencial que tínhamos reservado de mais 120. Mas creio que a população tenha que ficar mais informada com relação aos bancos perto da janela”, afirma o secretário. A orientação se dá como maneira de evitar contato dos passageiros com partículas infecciosas.

Caso pontual

O relatório apresentado pela Secretaria, aponta para o cumprimento de normas de biosegurança da maioria dos usuários. Houve raros momentos em que fiscais tiveram que chamar a atenção para o uso correto da máscara e apenas uma linha com problema de lotação maior que o permitido. O caso aconteceu às 6h07 da manhã no Terminal de Canasvieiras. Fiscais tiveram que intervir e não permitiram a partida do ônibus enquanto parte dos passageiros não desembarcassem para embarcar em um ônibus extra.

O prefeito Gean Loureiro (DEM) comentou sobre o fato em sua conta no Twitter:

Para lidar com o panorama, a Prefeitura monitora a lotação dos ônibus, mantendo as viagens extras para situações de necessidade instantânea.

“Todos os ônibus têm câmera, nós acompanhamos a lotação. O cobrador faz essa inspeção e o motorista pode comunicar a central [de operações], falar ‘olha, o meu veículo tá no limite’. Assim que ele aperta um botão nós já podemos disparar uma outra viagem extra”, destaca o secretário.

Leia também:

Ainda de acordo com o prefeito da Capital, a recomendação permanece para que as pessoas continuem em casa sempre que possível.

“Continuamos destacando a importância do distanciamento social. Usar o transporte coletivo somente se for muito necessário. Se usarmos de maneira incorreta ou abusiva, todos nós vamos ser prejudicados com um novo fechamento nas próximas semanas”, finalizou Gean.

+ Trânsito