Continuidade do transporte público depende da atitude de todos, diz Prefeitura da Capital

Serviço volta a operar nesta quarta-feira (17), com regras rígidas para a biossegurança de toda a comunidade

Prefeito de Florianópolis e secretário de Mobilidade do município acompanham movimentação do transporte coletivo nesta quarta-feira (17) pela manhã pelo CCO (Centro de Controle e Operações) – Leonardo Sousa/Divulgação/NDPrefeito de Florianópolis e secretário de Mobilidade do município acompanham movimentação do transporte coletivo nesta quarta-feira (17) pela manhã pelo CCO (Centro de Controle e Operações) – Leonardo Sousa/Divulgação/ND

O transporte coletivo volta a funcionar nesta quarta-feira (17) na capital catarinense, mas a orientação da Prefeitura de Florianópolis ainda é para que o usuário evite deslocamentos necessários neste momento, durante a pandemia do novo coronavírus. “Antes de sair de casa, todos devem se perguntar: essa viagem que vou fazer agora é obrigatória, eu preciso sair mesmo? A permanência do sistema vai depender do comportamento geral do município, como um todo, que tem que estar protegido da transmissão, todos usando máscaras, se cuidando. Nos terminais, nos abrigos de ônibus esse comportamento também tem que ser exemplar, para garantirmos um transporte seguro”, destaca o secretário municipal de Mobilidade Urbana.

Veículos passarão por três etapas de higienização durante o dia, uma destas, nas superfícies, será realizada durante as viagens – Cristiano Andujar/Divulgação/NDVeículos passarão por três etapas de higienização durante o dia, uma destas, nas superfícies, será realizada durante as viagens – Cristiano Andujar/Divulgação/ND

Confira os horários das linhas aqui: transporte coletivo

O serviço será retomado em fase de testes, que deve se estender por até duas semanas. Caso a prefeitura avalie que a reabertura representa riscos à saúde pública, poderá suspender novamente a atividade.  Nesta quarta-feira (17) reabrem também todas as bilheterias dos terminais de ônibus. Neste locais, o cartão cidadão pode ser solicitado das 11h às 17h. No Ticen (Terminal de Integração do Centro), esse tipo de serviço também estará disponível das 11h às 17h.

“É muito importante que todos colaborem para a segurança do sistema de transporte coletivo neste retorno às operações. Todas as recomendações preventivas à disseminação do novo coronavírus devem ser seguidas, evitar aglomerações antes de entrar, na saída, durante a viagem. As pessoas devem estar com as suas máscaras, passar álcool gel nas mãos ao entrar e sair dos veículos. A continuidade do transporte depende da segurança à população. Se isso não estiver garantido, vamos rever essa decisão”, afirma o prefeito de Florianopolis.

Desde segunda-feira (15), está disponível também serviço de delivery de novos cartões. Para solicitar uma unidade, basta acessar o site www.consorciofenix.com.br, seguir o passo a passo, gerar o boleto e realizar o pagamento. A entrega é feita em 48h após a confirmação do pagamento. O guichê de atendimento da Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano também retorna aos atendimentos presenciais no Ticen, das 7h às 19h. O atendimento também pode ser por telefone pelo número 3324.1517.

Guarda Municipal de Florianópolis acompanha retorno do transporte coletivo na cidade por monitoramento nesta quarta-feira (17) – Leonardo Sousa/PMF/Divulgação/NDGuarda Municipal de Florianópolis acompanha retorno do transporte coletivo na cidade por monitoramento nesta quarta-feira (17) – Leonardo Sousa/PMF/Divulgação/ND

 Higienização do sistema

Uma série de normas de biossegurança foram exigidas pela Prefeitura da Capital para garantir a segurança dos usuários que necessitarem do serviço. A preparação para o retorno do transporte público contou com a testagem para a Covid-19 de todos os colaboradores que vão trabalhar na operação, por exemplo.

O Secretário de Mobilidade Urbana de Florianópolis explica que os veículos passarão por três etapas de higienização durante o dia. Durante as viagens será feita a higienização de superfícies dos ônibus pelas equipes que auxiliarão nesse trabalho de limpeza, principalmente nas linhas com tendência a maior movimentação. Além disso será realizada a higiene em intervalos de tempo dentro dos terminais. Ao final de cada dia, esse trabalho será feito de forma mais detalhada nas garagens.

O uso de máscara será obrigatório dentro do ônibus, nos terminais e nos pontos de parada. Por isso, lanchonetes e alimentação nessas dependências não serão permitidas. Como todos os veículos têm câmeras, a fiscalização da Prefeitura de Florianópolis será rigorosa na exigência da máscara e da ocupação adequada dos ônibus.

A administração municipal também orienta os usuários a evitarem aglomerações nos pontos de paradas e se possível, a organizarem filas nesses locais. O contato com outras pessoas deve ser evitado, assim como conversar estando próximo à outra pessoa, já que o vírus circula facilmente pelo ar.

O ideal é que o usuário higienize suas mãos antes e depois de entrar no ônibus e deve evitar qualquer tipo de contato com as estruturas dos veículos. Já no interior do ônibus, recomenda-se que o usuário dê preferência aos locais próximos das janelas, deixando livre os corredores para passagem dos próximos usuários. Todas as janelas devem ser mantidas abertas mesmo em dias frios ou de chuva. Não é permitido se alimentar nos ônibus e nos terminais.

A etiqueta da tosse deve ser seguida. Ao tossir, mesmo de máscara, o usuário deve cobrir a boca e nariz com o antebraço, evitando usar as mãos. Se usar, deve se lembrar de higienizar em seguida. Caso lenços sejam utilizados, devem ser descartados imediatamente após o uso.

O pagamento não pode ser feito em dinheiro, apenas pelos cartões, que podem ser solicitados bilheterias dos terminais de ônibus e também por um serviço de delivery – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/NDO pagamento não pode ser feito em dinheiro, apenas pelos cartões, que podem ser solicitados bilheterias dos terminais de ônibus e também por um serviço de delivery – Cristiano Andujar/PMF/Divulgação/ND

Lotação máxima é de 40%

A lotação máxima permitida, que é de 40% do espaço total de cada veículo, não deve ser excedido. O usuário não deve forçar a entrada caso seja informado sobre a lotação máxima atingida. Em casos extremos, a Polícia Militar pode ser acionada pelo 190, ou a Guarda Municipal pode ser chamada pelo 153.

Além da redução de procura pelo serviço, a Prefeitura, em conjunto com entidades do setor produtivo, dividiu a abertura e fechamento das empresas e entidades em oito grupos para evitar que se tenha horários de pico: https://bit.ly/cdlhorarios.

O transporte coletivo não vai funcionar durante os finais de semana. O objetivo da medida é evitar deslocamentos desnecessários. O retorno da operação visa atender, principalmente, trabalhadores do comércio, da área da saúde, que até o momento vinham contando com linhas especiais, e a população que necessita de um meio de transporte para atividades essenciais como: consultas médicas, supermercado, farmácia e atendimento bancário.

A prefeitura ressalta que quem estiver com algum sintoma ou suspeita de Covid-19 não deve sair de casa e nem utilizar o transporte coletivo. Neste caso, é preciso acionar o Alô Saúde   pelo número 0800.333.3233 para mais informações e sobre como proceder.

MUDANÇAS NO HORÁRIO DE SERVIÇOS E COMÉRCIO

ENTRADA ÀS 6H, SAÍDA ÀS 15H

Fábricas e Indústrias

Transportadoras

Água, Esgoto, Atividades de Gestão de Residência e Descontaminação

Eletricidade, Telefone, Internet e Gás

Agricultura, Pesca e Aquicultura

Indústrias Extrativas

ENTRADA ÀS 8H, SAÍDA ÀS 17H

Serviços para residências, e atividades paisagísticas

Construção Civil e Reformas

Cabeleireiros, manicure, pedicure e serviços de beleza

Oficinas

Serviços domésticos

ENTRADA ÀS 9H E 15H30, SAÍDA AS 15H E 21H

Empresas de Call Centeres

ENTRADA ÀS 10H, SAÍDA ÀS 19H

Serviços de escritórios e apoio administrativo

Atividades profissionais, científicas e técnicas

Atividades financeiras, de Seguros e Serviços Relacionados

Comércio varejista de artigos de vestuário, acessórios e bebidas

Centros Comerciais

Empresas de tecnologia e Coworking

Agências de viagens

Serviço ambulante de alimentação

ENTRADA ÀS 11H, SAÍDA ÀS 21H

Shopping Centers

Locação de mão de obra

Arte, Cultura, Esporte e Recreação

Promoção de Vendas

Atividades Imobiliária

Outras atividades de serviços

ENTRADA ÀS 12H, SAÍDA ÀS 18H

Serviço Público – Governo e Prefeitura

ATIVIDADES COM HORÁRIO LIVRE

Serviços de saúde humana e saúde animal

Igrejas e Templos religiosos

Padarias e Confeitarias

Lavanderias e prestação de serviços gerais

Supermercado, Conveniências, Peixarias, Albergues, Pensões, Hotéis, Restaurantes, Bares, Cafeterias, Lanchonetes, Estacionamentos e Academias.

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$2.000,00 reais neste portal.

+ Prefeitura de Florianópolis