Defesa Civil inicia obras na SC-304, entre Presidente Getúlio e Dona Emma

Trecho foi afetado pelas enxurradas do Alto Vale do Itajaí em dezembro; rodovia vai receber obras emergenciais a partir da próxima semana, segundo Defesa Civil

Levantamentos realizados pela Defesa Civil devem ajudar a garantir a volta da normalidade no KM 215,7 da SC-304, entre os municípios de Presidente Getúlio e Dona Emma. O trecho foi atingido por fortes enxurradas em dezembro.

topografia Defesa Civil estadual quer garantir que o trecho, na SC-304, volte à normalidade  – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

Foram realizados serviços de topografia para apontar o volume de material que precisa ser retirado na área.  Durante os temporais no Alto Vale do Itajaí, as cabeceiras de uma ponte em curva foram severamente atingidas pelo fluxo de detritos, causando erosão no local.

No momento, o tráfego está liberado apenas para veículos leves.

Obras emergenciais

Na sexta-feira (8), técnicos da Defesa Civil participaram de um encontro com representantes dos municípios de Presidente Getúlio e Dona Emma. Na ocasião, foi acertado que as obras de recuperação do trecho iniciam, de forma emergencial, na próxima semana.

Reunião com Defesa Civil e prefeitos de Presidente Getúlio e Dona EmmaObras emergenciais começam na próxima semana – Foto: Defesa Civil/Divulgação/ND

De acordo com a Defesa Civil de Santa Catarina, a captação do recurso  foi feita com auxílio do governo federal.

“Estamos atualmente na fase de execução. Já realizamos a aprovação do plano de trabalho e o recurso já foi liberado, agora estamos finalizando a contratação dos serviços como determina a Legislação para que a execução seja realizada no menor espaço de tempo possível”, comentou a engenheira da Defesa Civil de Santa Catarina, Ana Colombo.

Prazos

A equipe técnica acredita que o tráfego seja normalizado após quatro dias de trabalhos. A ideia é realizar um enrocamento nas cabeceiras da ponte, garantindo a resistência estrutural necessária para liberação total do tráfego.

“Não se trata de um serviço simples, existe complexidade no acesso e na dificuldade da recuperação sem atingir a estrutura remanescente da ponte”, explicou o Chefe da Defesa Civil de Santa Catarina, Aldo Baptista Neto.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Trânsito