FOTOS: erosão na SC-418 causa medo entre motoristas no Norte de SC

Apreensão entre motoristas que trafegam pela rodovia; asfalto está cedendo

Após o jornalismo do Grupo ND mostrar, com ajuda de um drone, a dimensão da erosão na SC-418, a equipe de reportagem voltou ao local para conversar com os motoristas que trafegam na região. Eles temem pela segurança e pedem agilidade na obra.

O mirante da Serra Dona Francisca atrai muitos turistas. Parar e tirar fotos é comum. Ele fica no início da serra na SC-418, uma rodovia pavimentada, de pista simples, ligando a BR-101, no distrito de Pirabeiraba, em Joinville, e terminando no distrito de Fragosos, em Campo Alegre. Quem está a passeio desconhece os perigos do trecho.

Já para os motoristas que circulam com frequência, as dificuldades enfrentadas não saem da memória. 

“O asfalto é judiado. Poderia estar um pouquinho melhor, assim como a sinalização”, disse um motorista. 

Desde as últimas semanas quem dirige pela região conta com mais uma situação que exige cautela no trânsito. Entre os quilômetros 26 e 27 foi colocada uma sinalização na faixa adicional impedindo o uso dela.

Pela sinalização, o motorista só imagina que o problema é na lateral da pista, mas não tem dimensão que o problema é sério: o impacto acontece quando se olha de perto: há uma erosão de grandes proporções.

Os olhos não alcançam o que o drone foi capaz de registrar. As imagens impressionam: do alto, rodovia com fluxo normal de veículos, uma pista que sobe e a outra que desce a serra. Do lado esquerdo, a vegetação intacta e do direito um clarão de pura terra.

Por causa das chuvas intensas de fevereiro deste ano, o solo ficou encharcado e a terra cedeu. O movimento foi forte o suficiente para arrancar a vegetação e percorrer mata a dentro. A parede de terra que sustenta a pavimentação parece que foi escavada e a cada dia que passa fica mais comprometida, tornando a passagem perigosa.

“Está perigoso. É uma ribanceira grande. Dá medo”, disse outra motorista.

No domingo, o meio fio e parte do asfalto quebraram e foram levados pelo deslizamento de terra, causando ainda mais apreensão entre os motoristas. Com a intensidade de veículos todos os dias circulando somado ao peso, o risco é que a terra se mova a ponto de deslizar e o asfalto ceder ainda mais. 

O governo até fez uma barreira de contenção para evitar que a água da chuva caia diretamente no solo deixando-o encharcado piorando a situação. Mas isto é apenas um paliativo. 

A Secretaria Estadual de Infraestrutura já publicou o edital de licitação para contratar a empresa que fará o projeto da obra. A entrega deve ser feita em 60 dias. Muitos motoristas, no entanto, acreditam que esta é uma obra emergencial, que não deveria esperar e passar por licitação. 

VEJA FOTOS

Na galeria de imagens abaixo é possível enxergar a dimensão do perigo.

*Com informações de kelly Borges, da NDTV Record Joinville

Motorista reclama ao asfalto danificado e da falta de sinalização – Foto: reprodução vídeo/Divulgação ND
1 9
Motorista reclama ao asfalto danificado e da falta de sinalização – Foto: reprodução vídeo/Divulgação ND
“Está perigoso. É uma ribanceira grande. Dá medo”, disse outra motorista. – Foto: Reprodução vídeo/Divulgação ND
2 9
“Está perigoso. É uma ribanceira grande. Dá medo”, disse outra motorista. – Foto: Reprodução vídeo/Divulgação ND
Erosão na SC-418 – Foto: Reprodução vídeo/ND
3 9
Erosão na SC-418 – Foto: Reprodução vídeo/ND
Erosão na SC-418. – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
4 9
Erosão na SC-418. – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
Erosão na SC-418. – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
5 9
Erosão na SC-418. – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
Erosão na SC-418. – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
6 9
Erosão na SC-418. – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
Erosão na SC-418. – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
7 9
Erosão na SC-418. – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
Erosão na SC-418 – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
8 9
Erosão na SC-418 – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
Erosão na SC-418. – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
9 9
Erosão na SC-418. – Foto: Marcelo Thomazelli/ND
+

Trânsito

Loading...