“Hoje, dia 4 de abril, nasci de novo”, diz caminhoneiro que usou área de escape da BR-376

Só neste sábado, 4, recurso de segurança no km 667,3 da pista sul, em Guaratuba/PR, foi utilizado por dois caminhoneiros; desde a inauguração, em novembro de 2019, a área de escape já salvou 62 vidas

“Hoje, dia 4 de abril, nasci de novo”, declarou o caminhoneiro Edivaldo de Barro, 34 anos, após entrar na área de escape  do km 667, em Guaratuba-PR, na tarde de sábado (4).

O relógio marcava 15h40, quando ele precisou segurar firme e direcionar o veículo com 11 toneladas de carne pela faixa quadriculada na pista e suspirar aliviado em seguida.

Segundo Edivaldo, na curva anterior, quando estava descendo a serra de Guaratuba, ele já notou que havia algo errado com o sistema de frenagem. Esta era a quarta vez que o motorista passava pelo trecho, e, portanto, já tinha visto o dispositivo de segurança.

A viagem iniciou no município de Promissão (SP) com destino a Porto Belo (SC). O acidente alterou a previsão de chegada, mas com o uso da área de escape toda a carga foi salva e, mais do que isso, a vida de Edivaldo.

“Fiquei com medo. Mas em seguida fui muito bem atendido. O apoio que me deram, o socorro, não tem palavra para falar. Só Deus mesmo para agradecer”, comenta.

O caminhoneiro, que trabalha há quatro anos cruzando as rodovias do país, conta que nunca tinha vivenciado algo parecido e faz um alerta aos colegas de profissão: “Recomendo a todos os amigos caminhoneiros a não tentar seguir adiante, hoje vi que a minha vida foi salva. Se não tivesse a área lá, só Deus sabe o que iria acontecer”, conclui.

Veja como os caminhoneiros se salvaram

A experiência vivida por Edivaldo foi a segunda ocorrência do sábado (4). Horas antes, por volta das 6 horas, um caminhão de três eixos com dois ocupantes também usou a mesma área de escape, evitando mais um acidente na rodovia.

O condutor Gerson Roque Lago conta que estava na faixa central quando percebeu estar sem freio e, conhecedor do local, optou por usar o dispositivo com o caminhão carregado com 16 toneladas de cerveja.

Como estava em baixa velocidade, acabou entrando 25 metros na caixa. Depois que o sistema de frenagem esfriou, pôde seguir viagem com o caminhão.

Nenhuma das ocorrências registradas tiveram vítimas. Desde a inauguração dessa área de escape, em novembro de 2019, já se somam 62 vidas salvas. No km 671, um pouco mais adiante na Serra, a área de escape contabiliza outras 329 vidas salvas.

Força-tarefa para atendimento das ocorrências

Nessas duas ocorrências, foram mobilizados cerca de 20 profissionais da Arteris Litoral Sul, desde o monitoramento, inspeção, operação dos pórticos rolantes, equipe de atendimento pré-hospitalar e remoção veicular.

“A operação das rodovias é uma atividade essencial e nesse sábado estivemos mais uma vez a serviço dos profissionais da boleia. Esta parceria com os caminhoneiros está ainda mais intensa neste momento de pandemia. O rápido trabalho da nossa equipe na liberação da área de escape na primeira ocorrência possibilitou que o segundo motorista pudesse fazer uso em segurança do dispositivo”, avalia José Júnior, gerente de operações da Arteris Litoral Sul.

Leia também:

Coronavírus: NDTV e entidades unem forças para ajudar famílias de Joinville

+

Trânsito