Intermunicipal: fiscalização flagra dois ônibus com irregularidades em Florianópolis

Passageiros estavam sentados lado a lado nos assentos o que vai de encontro às medidas de prevenção do coronavírus

Durante fiscalização do cumprimento das regras para o retorno do transporte coletivo intermunicipal na manhã desta segunda-feira (22), a Guarda Municipal de Florianópolis detectou irregularidades em relação às medidas de prevenção do coronavírus em dois ônibus da empresa Jotur, de Palhoça.

Transporte intermunicipal voltou a operar nesta segunda-feira – Foto: Anderson Coelho/NDTransporte intermunicipal voltou a operar nesta segunda-feira – Foto: Anderson Coelho/ND

Diversos passageiros estavam sentados lado a lado nos assentos. O protocolo sanitário exige que apenas um passageiro sente em cada conjunto, próximo à janela para deixar o corredor livre.

Conforme os procedimentos, o comandante da Guarda Municipal de Florianópolis, Ivan Couto, pediu que todos os passageiros descessem e seguissem o restante da viagem a pé, em segurança, pelas passarelas da Ponte Hercílio Luz. Em seguida, foi solicitado que o ônibus retornasse para cidade de origem.

Leia também:

As empresas e passageiros são obrigados a cumprir as regras.

“O controle das viagens será rigoroso, onde a participação e compreensão do usuário é essencial. É pior para o usuário ter sua ida ao destino interrompido e ter perdida a viagem do que aguardar a vinda de um próximo veículo”, disse o secretário de Mobilidade e Planejamento Urbano, Michel Mittmann.

“Estamos sugerindo às empresas da área metropolitana para ofertarem de acordo com a demanda, sob pena de termos que suspender o serviço”, completou o secretário.

Interrupção de viagem

A partir de agora, a prefeitura decidiu que os ônibus que estiverem transportando passageiros em desacordo com as regras de prevenção ao coronavírus, serão impedidos de entrar na cidade e deverão retornar, inclusive com os passageiros, para a cidade de origem.

As imagens das duas ocorrências desta manhã serão encaminhadas para a Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano, que vai avaliar quais medidas devem ser aplicadas à empresa. É possível que a circulação das linhas da Jotur sejam suspensas na Capital.

Contraponto

A empresa Jotur informou que houve um problema na organização interna dos veículos, uma vez que existem três decretos a serem seguidos: o de Palhoça, de Florianópolis e o decreto Estadual.

Conforme a assessoria, os ônibus da Jotur saíram de Palhoça seguindo as regras do decreto do governo do Estado.

Confira a nota na íntegra:

A Jotur lamenta o entrave ocorrido em um dos seus veículos no primeiro dia do retorno dos ônibus intermunicipais. Hoje pela manhã, às 6h20, o ônibus articulado que faz a linha Aririú –Florianópolis foi parado pela Guarda Municipal da Capital na cabeceira da ponte Pedro Ivo Campos, por conta da organização interna dos passageiros.

No ambiente, as 55 pessoas, número que corresponde aos 40% da lotação permitida, cumpriam o decreto estadual que exige que todos no veículo estejam sentados. No entanto, para o decreto municipal de Florianópolis o exigido é que apenas os assentos das janelas estejam ocupados, e que os demais usuários fiquem em pé a fim de assegurar distanciamento. Assim que readequada a distribuição dos passageiros o ônibus pôde seguir normalmente seu trajeto.

+ Trânsito