Nova rodovia em SC pode amenizar antigos problemas no trânsito da BR-101

Governo estadual lançará estudo para definir como deve ocorrer a implantação da nova via para desafogar o trânsito entre Joinville e Biguaçu

Mesmo com a duplicação, a BR-101 é tomada diariamente pelo tráfego intenso de veículos. A rodovia, que corta todo o litoral de Santa Catarina, é o principal ponto de ligação para os estados do Paraná e Rio Grande do Sul.

Por isso, tamanha sua importância, filas quilométricas são registradas todos os dias, principalmente nos horários de maior movimento ou até mesmo na temporada de verão.

Região da Grande Florianópolis é um dos pontos com maior tráfego de veículos na BR-101 – Foto: Leo Munhoz/NDRegião da Grande Florianópolis é um dos pontos com maior tráfego de veículos na BR-101 – Foto: Leo Munhoz/ND

Pensando em uma solução para melhorar a mobilidade de quem trafega pela rodovia, o Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, estuda a criação de uma rota alternativa para quem usa a BR-101.

Em maio, o governo estadual deve lançar uma licitação para contratar um Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental para Implantação e Pavimentação do Corredor Rodoviário Litorâneo Norte, entre os municípios de Joinville e Biguaçu.

Este será o primeiro passo para a implementação, no futuro, de uma nova rodovia estadual, que terá como objetivo suprir a demanda de veículos.

“Será como uma segunda BR-101 neste trecho já tão saturado. Queremos, com essa nova rodovia, projetar mais segurança para quem faz o trajeto, além de facilitar a logística para o escoamento da produção”, explica o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Augusto Vieira.

A empresa selecionada no processo terá seis meses para executar um estudo, identificando onde poderá passar a nova rodovia. A principio, ela teria início na BR-101, ao norte da travessia urbana de Joinville e ao sul do Distrito de Pirabeiraba.

Em direção sul, ela irá se estenderia até o entroncamento com a BR-280, em Guaramirim, prosseguindo até a BR-470, em Ilhota. Na sequência, ela ainda iria entroncar com a rodovia SC-410, em Tijucas.

Já o fim da rodovia deve ocorrer junto ao Contorno Viário de Florianópolis, na cidade de Biguaçu. Lembrando que esta obra, que era para ser entregue em 2012, continua em andamento. Após ser adiado cinco vezes, o novo prazo de entrega é dezembro de 2023. 

“Estamos pensando Santa Catarina para as próximas décadas, planejando alternativas logísticas para fomentar a economia do turismo e da cadeia produtiva”, complementa o secretário.

Ainda não há previsão de quando as obras devem iniciar após a entrega do estudo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Trânsito