Engavetamento com 22 veículos deixa oito mortos em São José dos Pinhais (PR)

Sete pessoas morreram na hora e uma teve seu óbito confirmado ao longo da madrugada; acidente ocorreu na BR-277 ainda contabiliza 22 pessoas feridas

Já está liberado o fluxo de veículos na BR-277, altura do km 76, em São José dos Pinhais (PR). Oito pessoas morreram no final da noite de domingo, início da madrugada desta segunda-feira (3), além de outras 22 pessoas feridas, após um engavetamento no local.

Foram contabilizados 22 veículos envolvidos no acidente, em São José dos Pinhais – Foto: Divulgação/ND

A tragédia aconteceu próxima a ponte do Rio Iguaçu, no sentido litoral da rodovia, na altura do município que fica a aproximadamente 15 km da capital Curitiba. A soma da fumaça de incêndios em vegetação, além da neblina no local, está sendo apontada como a principal causa da ocorrência que envolveu 22 veículos no total.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda não confirma os detalhes, mas deve encaminhar uma nota ao longo desta segunda-feira. A concessionária responsável pela via confirma que o trecho já foi limpo e flui normalmente, mas não entra em detalhes do acidente.

Foram sete mortes no local e uma delas confirmada já no Hospital Cajuru, uma das unidades em que as vítimas foram encaminhadas. São cinco mulheres e três homens até aqui e as identificações não haviam sido confirmadas.

Baixa visibilidade

Conforme informações apuradas ao longo dessa madrugada, a série de colisões teria iniciado por conta da baixa visibilidade na via, ocasionada depois do choque entre três veículos. O acidente foi registrado entre a noite de domingo e o início da madrugada desta segunda-feira.

Acidente grave em São José dos Pinhais – Reprodução – Foto: São Jose dos Pinhais

Na sequência, um caminhão, também sem enxergar a tempo, não conseguiu frear e acabou colidindo nos veículos já envolvidos. Algumas pessoas, inclusive, estavam fora dos seus veículos quando foram atingidos pelo caminhão.

Além do caminhão, uma viatura da Polícia Militar, cinco motocicletas e outros 15 carros estiveram envolvidos.

As vítimas teriam sido “separadas” pela gravidade das lesões e encaminhadas a unidades de saúde da região Metropolitana de Curitiba.

Corpo de Bombeiros já estava no local

Ainda de acordo com as informações, equipes do Corpo de Bombeiros estavam na região em atendimento as queimadas. Conforme informações repassadas pela corporação, a região vive um problema grave de estiagem e, assim, há um aumento de 78% nos casos de incêndios florestais, sobretudo, em relação ao ano passado.

Há uma incidência  das queimadas, nos últimos 15 dias, agravadas pela falta de chuvas que acomete o Sul do País.

+

Trânsito