Ônibus lotado obriga prefeitura de Blumenau a adotar novas medidas

Troncal 10, que liga as regiões Norte e Sul, terá aumento da frota durante o horário de pico para evitar aglomerações

Três dias após a retomada do transporte coletivo em Blumenau, a prefeitura precisou determinar novas medidas quanto ao funcionamento do serviço. Isso porque imagens de um ônibus da linha Troncal 10 circulando lotado ganharam repercussão nas redes sociais no início da semana.

Nesta quarta-feira (17) à noite, após reunião com a Blumob – empresa concessionária do serviço -, o prefeito Mário Hildebrandt anunciou que irá colocar veículos extras nos horários de pico para atender a linha flagrada com superlotação.

O Troncal 10 liga as regiões Norte e Sul e tem a maior demanda de passageiros. Apesar de o transporte coletivo ter sido retomado em Blumenau, ele opera com restrições. Entre elas, apenas 50% da frota está circulando.

Outra medida determinada agora é que os ônibus devem sair dos terminais com no máximo 50% da capacidade, o que significa 52 ou 61 usuários, conforme o modelo do veículo. O objetivo é deixar uma margem de 10% para os usuários que acessam os ônibus no meio do trajeto. A lotação máxima permitida é de 60% e o controle deve ser feito pelos cobradores.

Nesta quarta-feira, às 18h, uma equipe da NDTV Blumenau percorreu o trajeto do Troncal 10. O número de passageiros no ônibus em que o cinegrafista embarcou não era tão grande em comparação com as imagens compartilhadas nas redes sociais.

Ainda assim, se observou aglomeração no momento de os usuários entrarem nos veículos. Apesar das marcações no chão apontando o distanciamento mínimo, quando a porta do ônibus abria os passageiros se amontoavam para embarcar.

As imagens também mostram pessoas tirando as máscaras para conversar, o que é proibido.

Fiscalização

A prefeitura afirma que tem mantido constante fiscalização quanto às normas de segurança dentro dos ônibus e terminais. Porém, pede que os casos identificados pelos usuários sejam denunciados na Ouvidoria da Secretaria de Trânsito e Transportes, informando linhas e horários através do telefone 156, opção 3.

“Reforçamos ainda que as medidas de controle sanitário, estabelecidas em meio à pandemia do novo coronavírus, precisam ser respeitadas por todos, como o uso do álcool gel disponível dentro dos ônibus e nos terminais, a obrigatoriedade do uso de máscaras, o distanciamento mínimo e a circulação dos coletivos com as janelas abertas”, diz a prefeitura em nota enviada à imprensa.

Os números

No primeiro dia de retomada do transporte coletivo, segunda-feira, 14.412 pessoas utilizaram o serviço em Blumenau. O número representa 14% do total de usuários que acessaram o transporte coletivo em 11 de março, antes da pandemia.

Entretanto, na terça (16), o número saltou para 18.328 passageiros e nesta quarta chegou a 19.500. Quantidade bem abaixo dos 100 mil usuários dia contabilizados no período pré-coronavírus.

Leia também

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

+ Trânsito