Ônibus voltam a circular na Capital nesta quarta-feira (17) com novos horários

Confira as linhas que voltam a operar nesta semana; Prefeitura de Florianópolis exigiu uma série de normas de biossegurança para o retorno da atividade

Os ônibus só poderão circular na cidade de segunda a sexta-feira e não poderão exceder a ocupação de 40% por veículo – PMF/Divulgação/ND

O transporte coletivo voltará a operar em Florianópolis nesta quarta-feira (17) com uma nova tabela de horários: confira as linhas.Também foram feitas adequações em toda a atividade para que os usuários voltem a usufruir do serviço em segurança. Os ônibus só poderão circular na cidade de segunda a sexta-feira e não poderão exceder a ocupação de 40% por veículo, por exemplo.

A Secretaria Municipal de Mobilidade da Capital diz que será disponibilizada uma frota extra de veículos, que vai operar de acordo com a demanda. Caso seja necessário, esses veículos serão alocados de forma estratégica para atender a população. A prefeitura também exigiu uma série de normas de biossegurança para esse retorno. Uma das medidas, durante esse período de preparação para a retomada da atividade, foi a testagem de todos os 1.500 colaboradores que trabalharão no setor.

Quem vai utilizar o transporte público, alerta o município, deve se atentar às normas de biossegurança antes mesmo do embarque, durante a viagem, e também nos terminais. A máscara deve ser utilizada em cada uma dessas situações. A administração municipal orienta ainda os usuários a evitarem aglomerações nos pontos de paradas e se possível, a organizarem filas nesses locais. O contato com outras pessoas deve ser evitado, assim como conversar estando próximo à outra pessoa, já que o vírus circula facilmente pelo ar.

O ideal, informa a Secretaria Municipal de Saúde, é que o usuário higienize suas mãos antes e depois de entrar no ônibus e evite qualquer tipo de contato com as estruturas dos veículos. Já no interior do ônibus, recomenda-se que o usuário dê preferência aos locais próximos das janelas, deixando livre os corredores para passagem dos próximos usuários. Todas as janelas devem ser mantidas abertas mesmo em dias frios ou de chuva. Não é permitido se alimentar nos ônibus e nos terminais.

“Entendemos que o retorno do transporte é importante para a população, mas esse serviço, em princípio, será retomado em fase de testes, com muita cautela e cuidado. Os ônibus voltarão a circular na quarta-feira, para que no próximo fim de semana possamos analisar como foram esses três dias e se o nosso sistema de saúde comporta essa flexibilização. Se constatarmos riscos à saúde pública, uma nova suspensão do serviço poderá ocorrer. A prioridade é sempre a saúde e a vida das pessoas”, afirma o prefeito de Florianópolis.

O retorno da operação pretende atender, principalmente, trabalhadores do comércio, da área da saúde, que até o momento vinham contando com linhas especiais, e a população que necessita de um meio de transporte para atividades essenciais como: consultas médicas, supermercado, farmácia e atendimento bancário.

Quem vai utilizar o transporte público, alerta o município, deve se atentar às normas de biossegurança antes mesmo do embarque, durante a viagem, e também nos terminais – PMF/Divulgação/ND

Delivery de cartões e guichês

A partir desta segunda-feira (15) o serviço de delivery de novos cartões pode ser solicitado. Basta acessar o site www.consorciofenix.com.br, seguir o passo a passo, gerar o boleto e realizar o pagamento. A entrega é feita em 48h após a confirmação do pagamento.

Na próxima segunda-feira (22), todos os serviços de Passe Rápido como emissão de novos cartões, novos créditos, segunda via, por exemplo, estarão disponíveis nos terminais de ônibus das 9h às 17h. O guichê de atendimento da Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano também retorna aos atendimentos presenciais no TICEN, das 7h às 19h. O atendimento também pode ser por telefone pelo número 3324.1517.

Na quarta-feira, 17, dia em que o transporte coletivo volta a operar na Capital, reabrem também, todas as bilheterias dos terminais de ônibus. Quem quiser adquirir o Cartão Cidadão já poderá realizar a solicitação nesses locais, das 11h às 17h. No Ticen (Terminal de Integração do Centro), esse tipo de serviço também estará disponível das 11h às 17h.

Cuidados durante todo o trajeto

Para o infectologista Alexandre Boschiroli, a prevenção deve ocorrer desde o momento de deixar a residência. “Ao sair de casa, a pessoa deve usar máscara de tecido, ao entrar nos veículos coletivos, o ambiente deve estar bem ventilado e as janelas, se possível, abertas. Outro ponto importante é que as pessoas, como costumam tocar nas superfícies para se equilibrar, por exemplo, devem evitar de tocar o próprio rosto com as mãos. Já na entrada do ônibus deve ser feita a higienização e é importante que o usuário leve consigo um pequeno recipiente com álcool gel para que ele possa também se higienizar ao sair do veículo”, explica o especialista.

A etiqueta da tosse, acrescenta a prefeitura, deve ser seguida. Ao tossir, mesmo de máscara, o usuário deve cobrir a boca e nariz com o antebraço, evitando usar as mãos. Se usar, deve se lembrar de higienizar em seguida. Caso lenços sejam utilizados, devem ser descartados imediatamente após o uso.

Quem estiver com algum sintoma ou suspeita de Covid-19 não deve sair de casa e nem utilizar o transporte coletivo. A Prefeitura de Florianópolis orienta que o Alô Saúde seja acionado pelo 0800.333.3233 para mais informações e sobre como proceder.

Check-in por plataforma na web

Uma das medidas aprovadas para o retorno da atividade na Capital é a possibilidade da realização de check-in por uma plataforma na web que vai monitorar a saúde dos passageiros que utilizam o serviço. Dados da Secretaria de Saúde e da Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano de Florianópolis apontam que mais de 10 mil pessoas já fizeram o cadastro na plataforma de check-in para registro via QR Code da utilização do transporte coletivo.

Ao entrarem nos ônibus, os passageiros poderão realizar um check-in por meio de QR Code. A ação, que é voluntária, tem por objetivo controlar todas as pessoas que estão utilizando o transporte em um determinado horário. Caso algum dos passageiros seja identificado com o novo coronavírus, os demais presentes no espaço serão orientados a entrarem em contato com a Vigilância Epidemiológica para fazer testagem e saberem se foram infectados com a Covid-19.

Os cadastros devem ser feitos antecipadamente por meio do link covidometrofloripa.com.br/qrcode, com e-mail, telefone, e outros dados pessoais para identificação dos passageiros. O registro é anônimo e essa identificação será feira por meio de códigos.

Conforme determina a Lei Municipal nº 10.199, de 27 de março de 2017, a Prefeitura Municipal de Florianópolis informa que a produção deste conteúdo não teve custo, e sua veiculação custou R$2.000,00 reais neste portal.

+

Prefeitura de Florianópolis