Polícia identifica motorista que provocou morte de ciclista e fugiu em Joinville

Sebastião Ferreira estava indo para o trabalho de bicicleta no dia 7 de outubro quando foi atropelado por um carro na zona Sul

“Nós queremos justiça. Se ele tivesse socorrido meu irmão, talvez tivesse tempo de salvar a vida dele”. O desabafo é de Cleonice Ferreira dos Anjos, ainda abalada pela perda do irmão, atropelado por um carro há cerca de duas semanas em Joinville, no Norte de Santa Catarina.

Sebastião foi atropelado enquanto ia para o trabalho na zona Sul de Joinville – Foto: Arquivo pessoalSebastião foi atropelado enquanto ia para o trabalho na zona Sul de Joinville – Foto: Arquivo pessoal

O auxiliar de limpeza Sebastião Ferreira estava indo ao trabalho de bicicleta, como fazia todos os dias, quando foi atingido por um veículo na rua Monsenhor Gercino, no bairro Itaum, na madrugada de 7 de outubro.

Imagens de monitoramento mostram o momento em que o carro atropela Sebastião, que é arremessado por alguns metros. Além disso, as câmeras também flagraram o motorista descendo do carro, se aproximando da vítima, e saindo do local sem prestar socorro. Veja:

Imagens mostram momento exato do atropelamento na zona Sul de Joinville – Vídeo: Divulgação

O caso está sendo investigado pelo delegado Rodrigo Vicentini, da 2ª Delegacia de Polícia. “Na análise preliminar do que foi obtido, conseguimos evidenciar que houve homicídio culposo na condução de veículo automotor”, afirma.

Porém, embora já haja uma linha de investigação, o delegado ressalta que a apuração ainda depende da oitiva de algumas pessoas e da entrega de exames periciais do veículo, da vítima e das imagens de monitoramento.

“Tivemos contato com o próprio investigado, que apresentou a sua versão e o veículo, que foi imediatamente apreendido. Ele se apresentou como responsável pelo atropelamento e as circunstâncias relativas a polícia irá apurar”, diz.

O motorista do carro é Adair de Souza, que já prestou depoimento à polícia. Por telefone, ele disse à reportagem da NDTV que voltava de uma viagem quando o acidente ocorreu e que não ficou para prestar socorro porque teria sido ameaçado por pessoas que estavam no local.

Após a conclusão das investigações, o caso será encaminhado à Justiça.

*Com informações de Ricardo Moreira, repórter da NDTV Joinville.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Trânsito

Loading...