Protesto fecha rodovia de acesso ao Sul da Ilha, em Florianópolis, nesta sexta

Familiares e amigos de Adriano Lima dos Santos, o Naninho, queimaram pneus e pediram justiça pela morte do jovem de 12 anos em novembro do ano passado

Um protesto fechou a rodovia SC-401, em Florianópolis, na manhã desta sexta-feira (15). Um grupo de manifestantes bloqueou, por cerca de 30 minutos, a rodovia, na altura da Costeira do Pirajubaé, para pedir justiça pela morte do adolescente Adriano Lima dos Santos, o Naninho, que completaria 13 anos nesta sexta.

Proposto com fogo na SC-401, por Adriano Lima dos Santos, NaninhoProtesto na SC-401 pede justiça pela vida de Adriano Lima dos Santos, adolescente morto pela polícia em 12 de novembro de 2020 – Foto: Divulgação/PMRv/ND

Vestindo branco, familiares e amigos do menino incendiaram pneus e ocuparam pedindo justiça pelo adolescente, que morreu em 12 de novembro de 2020, durante ação da polícia na Costeira do Pirajubaé.

Neste vídeo, um morador registrou o momento em que os pneus trazidos pelos manifestantes foram incendiados. Veja:

A SC-401 estava limpa cerca de 30 minutos, após protesto que pediu justiça por Adriano Lima dos Santos, o Naninho – Foto: Divulgação/NDA SC-401 estava limpa cerca de 30 minutos, após protesto que pediu justiça por Adriano Lima dos Santos, o Naninho – Foto: Divulgação/ND

O protesto aconteceu próximo a uma área de lazer, com pista de skate na marginal da via. A PMRv (Polícia Militar Rodoviária) e o Corpo de Bombeiros estiveram no local para atuar na ocorrência.

“Foi conversado com eles e a pista foi liberada. O Corpo de Bombeiros fez a limpeza, retirou todo material do local, o trânsito agora segue normal. Os bombeiros também controlaram o incêndio e retiraram os detritos colocados na via. Não há mais manifestantes no local”, explicou o Tenente Eduardo Nunes, da PMRv.

Às 12h20, a SC-401 foi liberada e o fluxo normalizado.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Trânsito