Serra do Rio do Rastro tem novos bloqueios no tráfego

Trânsito está bloqueado de segunda a sexta, e liberado nos finais de semana; Estado tem feito interdições em 25 pontos críticos, que passarão por melhorias

O tráfego de veículos na Serra do Rio do Rastro passou por alterações desde esta segunda-feira (1). A SIE (Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade) e a PMRv (Polícia Militar Rodoviária) informaram novos bloqueios em alguns trechos durante os dias de semana.

A interdição da Serra do Rio do Rastro faz parte do programa do Governo do Estado, Novos Rumos. Em janeiro, a via já havia sido interditada para as obras.

Serra do Rio do RastroTráfego na Serra do Rio do Rastro está restrito – Foto: Divulgação/PMSC

Para os motoristas que irão subir a Serra com destino ao Planalto, o tráfego ficará bloqueado das 7h às 18h, de segunda à sexta-feira.

Já para os condutores que irão descer a Serra com destino ao Sul, o tráfego fica bloqueado das 7h às 19h, de segunda à sexta-feira.

Aos finais de semana, o tráfego estará liberado.

Veja quais são as restrições ao tráfego na Serra do Rio do Rastro – Foto: Divulgação/PMSCVeja quais são as restrições ao tráfego na Serra do Rio do Rastro – Foto: Divulgação/PMSC

“Após uma intensa análise com a empresa que executa a obra, foi definido que o horário de sábado seria executado ao longo da semana, com o aumento de uma hora diária. Com isso, conseguimos liberar o tráfego aos fins de semana”, explicou o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira.

Intervenções em 25 pontos críticos

As intervenções serão realizadas em 25 pontos críticos, que passarão por melhorias. Em cada um deles serão aplicadas diferentes técnicas, de acordo com as necessidades específicas.

Também será feita a retirada de blocos rochosos e outros materiais que estão soltos e sobre os taludes. Atualmente, os trabalhos estão sendo realizados em 11 pontos ao longo da rodovia.

A ação faz parte do Programa Novos Rumos e conta com recursos do Governo Federal de mais de R$ 19 milhões. A previsão é que as obras sigam até maio de 2021.

O trabalho consiste em colocar telas metálicas de alta resistência com grampos para evitar quedas de bloco e movimentação de massa, problemas frequentes ao longo da SC-390, na Serra do Rio do Rastro.

O plano de trabalho prevê que a intervenção ocorra de maneira simultânea em outros pontos da rodovia que faz a ligação entre o Sul e o Planalto catarinense.

+

Trânsito